Ecologia

Ecologia é uma ciência que estuda os seres vivos e suas relações com o meio ambiente.


Ecologia: estudo dos seres vivos e o meio ambiente
Ecologia: estudo dos seres vivos e o meio ambiente

 

Significado e objeto de estudo

 

Ecologia é uma ciência (ramo da Biologia) que estuda os seres vivos e suas interações com o meio ambiente onde vivem. É uma palavra que deriva do grego, onde “oikos” significa casa e “logos” significa estudo. Esta palavra foi criada no ano de 1866 pelo biólogo e naturalista alemão Ernst Heinrich Haeckel.

 

A Ecologia também se encarrega de estudar a abundância e distribuição dos seres vivos no planeta Terra.

 

Importância dos estudos ecológicos

 

Esta ciência é de extrema importância, pois os resultados de seus estudos fornecem dados que revelam se os animais e os ecossistemas estão em perfeita harmonia. Numa época em que o desmatamento e a extinção de várias espécies estão em andamento, o trabalho dos ecologistas é de extrema importância.

 

Através das informações geradas pelos estudos da Ecologia, o homem pode planejar ações que evitem a destruição da natureza, possibilitando um futuro melhor para a humanidade.

 

Principais ramos da Ecologia

 

Por se tratar de uma ciência ampla, a Ecologia apresenta vários ramos de estudo e pesquisa. Os principais são: Autoecologia, Sinecologia (Ecologia Comunitária), Demoecologia (Dinâmica das Populações), Macroecologia, Ecofisiologia (Ecologia Ambiental), Ecologia Humana e Agroecologia.

 

Você sabia?

 

- Comemora-se em 5 de junho o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia.


- Comemora-se em 1 de março o Dia do Turismo Ecológico.

- É comemorado em 13 de junho o Dia do Ecologista brasileiro.

 

- Teofrasto, botânico e filósofo grego do século III a.C., é considerado o primeiro ecologista da história. Ele foi o primeiro a pesquisar as relações entre os organismos e suas relações com o meio ambiente.

 

- Para os católicos, São Francisco de Assis é considerado o patrono da Ecologia.

 

- Barreiras ecológicas são limites biogeográficos (barreiras naturais ou criadas por seres humanos), cujo principal objetivo é isolar sistemas ambientais para que não haja perdas, trocas ou migrações de espécies ou matérias vivas. Dessa forma, um ecossistema, por exemplo, pode ser preservado e protegido.

 

Borboletas pousadas na flor de uma planta

Um dos focos de estudo da Ecologia são as interações dos seres vivos no meio ambiente.

 

 

TEXTOS COMPLEMENTARES:



1 - Ecólogo: o profissional que atual em ecologia

 

Com o despertar da sociedade para os problemas ambientais, o ecólogo passou a ter amplo campo de trabalho. As principais atividades realizadas por este profissional são: análise de impacto ambiental, criação de projetos voltados para a preservação do meio ambiente, pesquisas ligadas aos ecossistemas, participação em projetos de planejamento urbano, reflorestamento, etc.

 

Principais características profissionais (aptidões, habilidades e competências)

 

- Consciência ambiental

 

- Capacidade de planejamento

 

- Interesse em manter-se atualizado

 

- Interesse e disposição para trabalhos de campo (rios, matas, mares, florestas, etc).

 

- Criatividade na busca de soluções para problemas ambientais.

 

Mercado de Trabalho

 

Órgãos públicos voltados para o Meio Ambiente, indústrias de grande porte, parques ambientais, zoológicos, áreas de preservação ambiental, empresas de grande porte que atuam no setor agropecuário e laboratórios de pesquisa ambiental.

 

Especializações e cursos complementares

 

Após a formação, o ecólogo fazer cursos nas seguintes áreas: Zootecnia,  Biologia Marinha, Botânica, Ciências do Meio Ambiente, Gestão Ambiental, Mineração, Engenharia Florestal, Direito Ambiental, etc.

 

Mão humana com uma pequena árvore na mão

 

 

 

2 - ECOLOGIA HUMANA

 

A ecologia humana é um ramo de estudo alojado dentro da disciplina Ecologia. Uma vez que o ser humano é uma espécie animal, é preciso pensar como humanos se distribuem no planeta e como eles interagem com o ambiente e com outras espécies.


A espécie humana avançou além da fronteira de qualquer artifício tradicional capaz de:


- restringir o aumento das suas populações.


- regenerar os impactos que elas provocam.


Conseguimos eliminar problemas que impediam muitos bebês de nascerem ou de crianças atingirem a fase adulta. Construímos máquinas hábeis em alterar ambientes naturais onde assentamos campos para agricultura e para criação de animais domesticados. As outras espécies de seres vivos, incapacitadas de exercer tamanho impacto, não têm alternativa a não ser se sujeitar à mão impiedosa da seleção natural.


Para uma única espécie que impõe mudanças ambientais sem limites, é importante que existam pesquisadores interessados em responder questões associadas a essas alterações.

 

Características principais: 


Pesquisadores da área de ecologia humana, entre outras perguntas, procuram responder:


- Se para garantir sua permanência no planeta, os seres humanos deveriam desenvolver práticas mais sustentáveis, que práticas são essas?


- Como fazer para que a extração de algum recurso natural em uma reserva extrativista sustente os seres humanos sem levar uma ou mais espécies à extinção local?


- Quais são as limitações dos seres humanos para sobreviver em ambientes inóspitos como outros planetas?



Como se tornar um pesquisador em ecologia humana?


Em princípio, um estudante interessado em ser pesquisador nessa área faz a graduação em Ciências Biológicas. No entanto, também pode optar pela graduação em Ecologia.
O interessado deve saber que no Brasil a graduação em Ecologia é oferecida em menos de dez universidades públicas brasileiras. Já a graduação em Ciências Biológicas está bem mais espalhada.


Após a conclusão da graduação, você precisa se ingressar em um programa de pós-graduação. Dê preferência para o programa que tenha um professor-orientador que possa orientar seu trabalho em um tema que diz respeito à ecologia humana.



Curiosidade


Em 2012 foi fundada a Sociedade Brasileira de Ecologia Humana (SABEH). Mesmo não tendo o ensino superior, você pode se filiar à sociedade e ficar por dentro das pesquisas dos membros dessa organização.

 

Duas mãos humanas envolvendo um globo de vidro com uma pequena árvore dentro

Ecologia Humana: foco no estudo da integração e interação entre os seres humanos, a fauna, a flora e os recursos naturais do nosso planeta.

 

 



atualizado em 16/08/2021




Você também pode gostar de:


Ecologia Temas Relacionados
Bibliografia Indicada


Fontes de referência:

 

- TOWNSEND, Colin R. Fundamentos em Ecologia. Porto Alegre: Artmed, 2009.


- BARSANO, Paulo Roberto e BARBOSA, Rildo Pereira. Meio ambiente: Guia prático e didático. São Paulo: Editora Érica, 2013.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.