Peronismo e suas características

A doutrina política peronista foi criada na Argentina por Juan Domingo Perón.


Juan Domingo Perón: representante máximo do Peronismo na Argentina
Juan Domingo Perón: representante máximo do Peronismo na Argentina

 

O que foi: definição histórica

 

O Peronismo foi um movimento político, econômico e social, que surgui na Argentina em meados da década de 1940. Foi criado e teve como seu principal representante o presidente argentino Juan Domingo Perón (daí a origem do nome do movimento).

 

O Peronismo teve como base de sustentação política e ideológica o Partido Justicialista, também conhecido como Partido Peronista.

 

O movimento peronista comandou politicamente a Argentina em grande parte da segunda metade do século XX. Até hoje, muitas características do peronismo ainda estão influenciando a política argentina, embora de forma menos significativa, pois estão arraigadas na cultura do país.

 

As principais características do peronismo são:

 

- Ações políticas com fortes características populistas. O populismo é considerado uma das principais características do Peronismo.

 

- Fortalecimento da imagem do líder (presidente) como estratégia de aproximá-lo ao povo. O presidente era visto como sendo uma espécie de "pai do povo".

 

- Adoção de medidas econômicas populares, principalmente no sentido do assistencialismo social aos mais pobres.

 

- Aproximação e cooptação dos sindicatos de trabalhadores.

 

- Defesa de valores nacionalistas.

 

- Aproximação das classes populares.

 

- Defesa da nacionalização de serviços públicos.

 

- Adoção de medidas trabalhistas e reformas sociais.

 

- Identificação, embora não muito significativa, com ideais socialistas. Na Argentina, o peronismo é visto como um movimento de esquerda.

 

- Defesa da democracia, desde que ela esteja a favor das necessidades populares.

 

- Defesa de ações econômicas contrárias ao liberalismo.


María Estela Martínez de Perón

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



María Estela Martínez de Perón (Isabelita Perón): presidente da Argentina entre 1974 e 1976 e exemplo de política peronista.

 

 

 

 

 

Governos peronistas da Argentina:

 

- Primeiro governo de Juan Domingo Perón (1946 a 1955).

 

- Governo Héctor Cámpora (25 de Maio de 1973 até 13 de Julho do mesmo ano).

 

- Isabel Martínez de Perón (1974 a 1976).

 

- Governo Carlos Menem (1989 a 1999)

 

Curiosidade histórica:

 

- O Peronismo possui várias semelhanças com o Getulismo (forma de governar de Getúlio Vargas no Brasil). Entre as principais, podemos citar o populismo e o nacionalismo.


Campóra e Menem dois ex-presidentes peronistas da Argentina

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Héctor Campóra (esquerda) e Carlos Menem (direita) dois ex-presidentes peronistas da Argentina.

 

 

 

 

 

 

atualizado em 28/07/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Peronismo e suas características Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Estudos sobre as origens do Peronismo

Autor: Murmis, M.

Editora: Brasiliense

Ano: 1973

Temas do livro: História da Argentina

 

 

Fontes de referência do texto:

 

- CATROGA, Fernando. Memória, História e Historiografia. Coimbra: Quarteto, 2001.


- DANTAS, José. História Geral. São Paulo: Moderna, 1995.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.