Argentina: dados gerais

A Argentina é um país da América do Sul. Sua capital é Buenos Aires e a língua oficial é o espanhol.


Bandeira da Argentina
Bandeira da Argentina

 

DADOS GERAIS PRINCIPAIS:


A Argentina é um país localizado na região sul da América do Sul. Sua capital é Buenos Aires. Sua costa é banhada pelas águas do Oceano Atlântico.

 

ÁREA: 2.791.810 km²


CAPITAL: Buenos Aires


POPULAÇÃO DA ARGENTINA: 43,2 milhões de habitantes (estimativa 2021).


MOEDA:  peso argentino


NOME OFICIAL
: REPÚBLICA ARGENTINA


NACIONALIDADE: argentina


DATA NACIONAL: 25 de maio (aniversário da Revolução) e 9 de julho (Dia da Independência).


PRESIDENTE: Alberto Fernández (desde 10 de dezembro de 2019).

 

 

DADOS GEOGRÁFICOS E SOCIAIS:

 

LOCALIZAÇÃO: sul da América do Sul


FUSO HORÁRIO: a mesma de Brasília


CLIMA DA ARGENTINA
: de montanha (NO, SO, O), árido tropical (NE), árido frio (SE), temperado continental (S), tropical (N), subpolar (extremo sul).


PRINCIPAIS CIDADES DA ARGENTINA
: Buenos Aires, Córdoba, Rosário, Santa Fé, Mendoza, Mar del Plata, La Plata, San Miguel de Tucumán, Bahía Blanca e San Juan.


REGIÕES GEOGRÁFICAS: Pampa, Mesopotâmia, Cuyo e Patagônia.


RIOS PRINCIPAIS: Rios de La Plata, Paraguai, Barmejo, Colorado e Uruguai.


COMPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO:
 europeus meridionais 84,5%, eurameríndios 7%, ameríndios 0,4% e outros 8,1% (estimativa 2017).

DIVISÃO ADMINISTRATIVA: 23 Províncias e 1 Distrito Federal

 

IDIOMAS: espanhol (oficial).

 

RELIGIÃO: Católica Romana 92%, protestantes 2%, judeus 2%  e outras 4%.

 

DENSIDADE DEMOGRÁFICA: 15,7 habitantes/km² (estimativa 2021)

 

CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO: 0,9% ao ano (2010 e 2015)

 

TAXA DE ANALFABETISMO: 1,95% (estimativa 2021).


EXPECTATIVA DE VIDA AO NASCER: 76,7 anos (Pnud 2017).



RENDA PER CAPITA: US$ 12.100,00 (em 2020) - (PIB per capita nominal)

 

IDH: 0,830 (Pnud 2018) - índice de desenvolvimento humano muito alto.

 

ÍNDICE DE GINI: 0,412 - médio (ano de 2017)

 

Mapa Político da Argentina

Mapa da Argentina

 

 

ECONOMIA DA ARGENTINA:

 

A Argentina possui a segunda maior economia da América do Sul, ficando atrás apenas do Brasil. Apresenta como pontos positivos uma grande quantidade e variedade de recursos naturais, boa infraestrutura, população alfabetizada, trabalhadores qualificados e base industrial diversificada. A região mais industrializada fica na capital (Buenos Aires). Destaque para as indústrias de produtos alimentícios, tecidos e de automóveis.


A Agricultura é outro destaque econômico da Argentina, voltada principalmente para o mercado externo. A pecuária, voltada principalmente para a produção de carne, também é uma importante atividade da economia do país.


PIB: US$ 540 bilhões (ano de 2021 - estimativa) - PIB Nominal.


Resultado do PIB em 2021: crescimento de 10,3%.

 

Principais produtos agropecuários produzidos: sementes de girassol, soja, limão, uva, milho, tabaco, trigo, amendoim e chá.

 

Principais produtos industrializados produzidos: automóveis, bens de consumo, alimentos processados, metalurgia, química e têxtil.

 

Principais produtos exportados: soja, derivados de soja, petróleo, gás, automóveis, trigo e milho.

 

Principais produtos importados: máquina, veículos, produtos químicos, plásticos, derivados de petróleo.

 

Principais parceiros econômicos (exportação): Brasil, China, Chile e Estados Unidos da América.

 

Principais parceiros econômicos (importação): Brasil, Estados Unidos, China e Alemanha.

 



BANDEIRA DA ARGENTINA

 

A bandeira da Argentina foi adotada em 27 de fevereiro de 1812. As cores presentes na bandeira são azul-celeste, branco, ouro e marrom. Foi criada na cidade Rosário por Manuel Belgrano, um importante político, jornalista, advogado e intelectual argentino do século XIX.

 

A bandeira argentina é composta por três faixas horizontais, sendo que a superior e a inferior são na cor azul-celeste. A faixa do meio é branca e apresenta no centro um Sol incaico, também conhecido como "Sol de Mayo", na cor ouro com detalhes em marrom. Este Sol apresenta 32 raios, sendo 16 retos e 16 ondulados.

 

Simbolismo das cores:

 

- O azul representa o azul do céu.

 

- A cor branca representa a paz e também a pureza.

 

CURIOSIDADES:

 

- A proporção da bandeira da Argentina é 9:14. Ou seja, se ela for feita com 9 metros de largura, deverá ter obrigatoriamente 14 metros de comprimento.

 

- Antes de 1985, a bandeira da Argentina não possui o Sol de Mayo ao centro. Foi somente a partir deste ano, através de uma lei do parlamento argentino, que o Sol de Mayo passou a figurar na bandeira deste país.

 

- Existe uma música em homenagem à bandeira argentina. Ela se chama "Mi Bandera" e foi escrita por Juan Imbroisi.

 

- O Dia da Bandeira na Argentina é comemorado em 20 de junho. A data é uma referência à morte do criador da bandeira, Manuel Belgrano, que faleceu em 20 de junho de 1820.

 

Bandeira nacional da Argentina

Bandeira nacional da Argentina

 

 

MOEDA: O PESO ARGENTINO

 

O peso, atual moeda da Argentina, foi criado em 1881 quando ocorreu a unificação monetária no país.

 

O peso argentino (atual) começou a circular no ano de 1992, de acordo com a Lei de Conversibilidade. Neste contexto, foi criado o sistema de paridade com o dólar dos Estados Unidos. Desta forma, ao ser lançado, um peso tinha o mesmo valor de um dólar dos Estados Unidos. Este sistema de paridade foi mantido até o ano de 2001, quando entrou em vigou o sistema de câmbio flutuante na Argentina. Na ocasião, ocorreu uma alta desvalorização do peso em relação ao dólar. 

 

Emissão e fracionamento da moeda

 

As notas e moedas de pesos argentinos são produzidas e controladas pelo Banco Central da Argentina.

 

Um peso ($1) é dividido em 100 centavos.

 

Outras informações sobre o Peso Argentino:

 

- Fracionamento: 1/100 centavo

 

- Símbolo do Peso Argentino: $

 

- Código internacional da moeda: ARS

 

- Valores das notas em circulação: 2, 5, 10, 20, 50, 100 pesos.

 

- Valores das moedas em circulação: 1, 5, 10, 25, 50 centavos, 1 peso.

 

Personagens históricos argentinos que aparecem nas notas de peso argentino:

 

- Bartolomé Mitre (nota de 2 pesos)

 

- José de San Martin (nota de 5 pesos)

 

- Manuel Belgrano (nota de 10 pesos)

 

- Juan Monoel de Rosas (nota de 20 pesos)

 

- Domingo Faustino Sarmiento (nota de 50 pesos)

 

- Julio Argentino Roca (nota de 100 pesos)

 

Curiosidade:

 

- O peso argentino é uma das moedas mais fortes da América do Sul, porém, ela fica atrás do Real Brasileiro.

 

Moeda de 10 pesos da Argentina

Frente da moeda de 10 pesos da Argentina (em circulação no ano de 2020)

 

 

 

RELAÇÕES INTERNACIONAIS:

 

Banco Mundial, Grupo do Rio Fundo Monetário Internacional, Mercosul, OEA, OMC e ONU.

 

Brasão de armas da Argentina

Brasão de armas da Argentina

 

 

Foto da Casa Rosada, sede do governo da Argentina

Casa Rosada em Buenos Aires: sede do governo da Argentina.

 

Vista da cidade de Córdoba a noite

Córdoba: importante cidade localizada na região central da Argentina.

 

 



Atualizado em 30/08/2022




Você também pode gostar de:


Argentina: dados gerais Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2022 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.