Independência da Argentina

A Independência da Argentina foi proclamada em 1810.


Declaração da independência da Argentina (9 de julho de 1816) pelos congressistas
Declaração da independência da Argentina (9 de julho de 1816) pelos congressistas

 

Introdução (contexto histórico)

 

Até 1810, o território da atual Argentina (colônia) era governado pela Espanha (metrópole) e fazia parte do Vice-Reinado do Rio da Prata.

 

Foi em 25 de maio de 1810, durante a Revolução de Maio, que os argentinos proclamaram sua independência. Porém, o processo não foi pacífico, pois ocorreu uma guerra contra a Espanha. Em 9 de julho de 1816 (data da Proclamação de Independência da Argentina) a independência foi declarada pelos congressistas. Somente em 9 de julho de 1859 houve o reconhecimento de sua independência pela Espanha, no reinado de Isabel II.


Guerra de Independência

 

Após a proclamação de Independência da Argentina (1810), os espanhóis reagiram de imediato, a fim de não perder o controle sobre uma das regiões coloniais mais importantes.

 

A Guerra de Independência durou 15 anos (entre 1810 e 1825), colocando de um lado a Espanha e de outro as Províncias Unidas do Rio da Prata, Gran Colômbia, Chile, Peru e Províncias Livres de Guayaquil.

 

A Guerra terminou em 1825, após a rendição da Espanha, e teve como principal consequência a independência do Vice-Reinado do Rio da Prata. Em fevereiro de 1825, a Grã-Bretanha foi a primeira nação a reconhecer a independência, através da assinatura de um tratado. Em 1826, as Províncias Unidas mudaram o nome para República Argentina, nome atual e que foi oficializado na primeira constituição promulgada neste mesmo ano.

 

Imagem da Batalha de Maipú durante a Guerra de Independência da Argentina

Batalha de Maipú (1818) durante a Guerra de Independência da Argentina.

 

Principais líderes da Independência da Argentina

 

Na Primeira Junta de Buenos Aires, organizada em maio de 1810, houve a liderança de três argentinos, que foram fundamentais para a proclamação de independência argentina. Foram eles:

 

- Cornelio Saavedra: fazia parte do Exército Patriota e foi presidente da Junta Provisória Governativa.

 

- Mariano Moreno: foi secretário de Guerra e Governo da Primeira Junta.

 

- Manuel Belgrano: foi general em chefe do Exército do Norte.

 

Retrato de Cornelio Saavedra, líder da Independência da Argentina

Cornelio Saavedra, um dos principais líderes da Independência da Argentina.

 

 


 

Última revisão: 15/10/2020


Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Independência da Argentina Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Breve Historia de la Argentina

Autor: Saborido, Jorge

Editora: Alianza

 

Fontes de pesquisa utilizadas:

 

- ARRUDA, José Jobson de Andrade; PILETTI, Nelson. Toda a História. História Geral e do Brasil. São Paulo: Ática, 2007.

- MORAES, Luís Edmundo. História Contemporânea – Da Revolução Francesa à Segunda Guerra Mundial: São Paulo: Contexto, 2017.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.