Tipos de Solo

Os principais tipos de solo existentes na superfície terrestre e suas principais características.


Solo humoso: rico em materiais orgânicos e excelente para a agricultura
Solo humoso: rico em materiais orgânicos e excelente para a agricultura

 

Introdução 

 

Na superfície terrestre podemos encontrar diversos tipos de solo. Cada tipo possui características próprias, tais como densidade, formato, cor, consistência e formação química.

 

OS TIPOS DE SOLO E SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:



1 - Solo Argiloso


Solo argiloso é aquele que possui, em sua composição, no mínimo 30% de argila.



Este tipo de solo está muito presente em diversas regiões do território brasileiro.



Principais características do solo argiloso:



- O solo argiloso é menos permeável e, por isso, possui maior capacidade de armazenar água.


- Concentra significativas quantidades de óxidos de ferro e alumínio, em sua composição.

- São férteis e com qualidade boa para a prática da agricultura.

- Apresenta consistência fina.


- Formado por partículas muito pequenas. Por isso, fica muito compactado quando hidratado.


- A terra deste tipo de solo é muito usada para a fabricação de cerâmica.



Foto do solo argiloso
Solo argiloso: bom para a agricultura e fabricação de cerâmica.




Exemplos de solo argiloso no Brasil:



- Terra roxa, presente nas regiões norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e sudoeste de Minas Gerais.


- Massapê, presente na região do Nordeste do Brasil.

 

 

 

 



2 - Solo Arenoso


Solo arenoso é um tipo de solo composto, principalmente, por areia. Ele é muito comum em algumas regiões do agreste da região Nordeste do Brasil.

 

Geralmente, esse solo é o resultado do processo de arenização do solo, que ocorre em processos de desmatamento em grandes áreas.



Principais características do solo arenoso:

 

- Solo composto por grande parte de areia (entre 60% e 70%). O restante é argila e também um pouco de pedras.

 

- É um solo muito poroso e aerado.

 

- Sua fertilidade é muito baixa, pois é pobre em nutrientes. Geralmente, somente cactáceas e arbustos adaptados para climas áridos é que conseguem se desenvolver nesse tipo de solo.

 

- Ele é muito seco, ou seja, quase não possui umidade.

 

- É muito comum esse tipo de solo sofrer o processo de erosão.

 

- O solo arenoso é altamente permeável (a água passa facilmente por seus poros).

 

- Seu Ph é baixo (inferior a 7), logo é um solo ácido.

 

Foto de solo arenoso do Nordeste do Brasil

Solo arenoso: típico de regiões de clima árido.

 



3 - Solo Humoso



Presente em territórios com grande concentração de material orgânico em decomposição (húmus). É muito utilizado para a prática da agricultura, pois é extremamente fértil (rico em nutrientes para as plantas).




4 - Solo Calcário



É um tipo de solo formado por partículas de rochas. É um solo seco e esquenta muito ao receber os raios solares. Inadequado para a agricultura. Este tipo de solo é muito comum em regiões de deserto.

 

Foto de uma região com solo calcário

Solo Calcário: formado por partículas de rochas e impróprio para a agricultura.



 

Tipos de solos do Brasil




Em função da grande extensão territorial do Brasil, existem vários tipos de solo em nosso território. Temos desde solos muito férteis (ótimos para a agricultura) até solos arenosos (pobres em relação à fertilidade). O intemperismo e a composição são os principais fatores de formação dos solos do Brasil.

 

Principais tipos de solos do Brasil e sus características:

 

Solos da Amazônia

 

Na Amazônia, encontramos solos que se caracterizam, principalmente, pela fragilidade e arenosidade (constituído por grande quantidade de areia). Grande parte dos solos amazônicos é formada pelo acúmulo de resíduos orgânicos, originários da própria floresta amazônica. Portanto, em função dessas características, o solo dessa região não é favorável ao desenvolvimento da agricultura.

 

Solos da Caatinga

 

A região do bioma Caatinga possuí solos rasos e frágeis. São solos pedregosos (grande presença de pedras), pois são originários do intemperismo físico (processos mecânicos e químicos que provocam a decomposição das rochas).

 

Em função dessas características, os solos da Caatinga não são apropriados para a agricultura, pois apresentam baixíssima fertilidade.


Solo Massapé

 

É um tipo de solo composto por terra escura e argilosa. É encontrada, principalmente, na Zona da Mata Nordestina. É um solo que apresenta alto grau de fertilidade, logo é ótimo para o desenvolvimento da agricultura.

 

Solo Massapé com plantio
Solo Massapé: fértil e composto por grande quantidade de argila.

 

 

Solos do Cerrado

 

Nas regiões do bioma Cerrado encontramos solos de cor avermelhada. Os solos desse bioma são ricos em óxido de ferro (solos lateríticos). Eles resultam do intemperismo químico de rochas sedimentares e cristalinas. São caracterizados pela elevada acidez, pois apresentam pH baixo.

 

Chernossolos

 

Conhecidos antigamente como Brunizens, esses solos são formados pelo processo de intemperismo químico. São comuns na região da Campanha Gaúcha (região que faz fronteira com o Uruguai). O horizonte orgânico desses solos é pouco profundo, logo apresentam pouca fertilidade. Outra característica é que são muito suscetíveis ao processo de erosão.

 

Solos de Terra Roxa

 

É um tipo de solo formado a partir de processo de intemperismo químico em rochas basálticas. Os horizontes são profundos e a fertilidade é alta. São encontrados, principalmente, no interior do estado de São Paulo e nos estados da região Sul do Brasil.

 

Terra roxa
Terra roxa: solo fértil e encontrado, principalmente, nos estados de São Paulo e Paraná.

 

 

Você sabia?

 

- A ciência que estuda a composição, o desenvolvimento e a formação dos solos é a Pedologia.

 

- 3 de maio é o Dia do Solo.

 

- 2015 foi o Ano Internacional dos Solos. O tema foi escolhido pela ONU para conscientizar as pessoas sobre a importância de preservar o solos (evitando a poluição e as diversas formas de degradação) e sua importância para os seres humanos.

 

- A Agrogeologia é uma ciência voltada para o estudo da constituição química e física do solo e sua relação com o solo.

 

 



Última atualização em: 15/10/2021




Você também pode gostar de:


Tipos de Solo Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Morfologia do Solo

Autor: Giasson, Elvio e outros

Editora: Agrolivros

 

Biologia do Solo

Autor: Morselli, Tânia B. G. A.

Editora: UFPEL - Uni Pelotas


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.