Legião Romana

História da legião romana, origem, resumo, legionários, Império Romano, armas usadas e principais características


Legião Romana: um dos principais braços militares do Império Romano
Legião Romana: um dos principais braços militares do Império Romano

 

Introdução (o que era)

 

A legião romana era uma unidade militar de infantaria básica que existiu durante a República e o Império Romano. A legião romana era formada por 10 mil legionários e centenas de cavaleiros. 



Origem da palavra 


A palavra legião deriva do latim (legio = recrutamento, alistamento). 

 

Legiões e legionários 


As legiões romanas eram diferenciadas por um nome e um número. Durante o auge do Império Romano, historiadores afirmam que existiram cerca de 50 legiões.



Ao legionário eram recrutados em épocas de necessidades militares, ou seja, quando Roma estava em expansão através de guerras.

 

As armas dos legionários romanos


O legionário romano era um soldado muito bem equipado e seu armamento lhe oferecia totais condições para uma batalha da época. Seu armamento principal era composto por: elmo de bronze (cassis), capacete metálico (galea), couraça de metal que protegia o peito (lorica), escudo de madeira ou couro (scutum), espada curta (gladio), lança de metal (hasta) e dardo de madeira com ponta de metal (pilo).



Participação nas conquistas 


A força militar do Império Romano estava centrada nestas legiões. Grande parte das conquistas militares romanas na Europa, Ásia e norte da África ocorreram graças à força e ao preparo militar destes soldados.

 

 

Última revisão: 06/10/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Legião Romana Temas Relacionados

Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2019 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.