Renascimento Urbano e Comercial

No final da Idade Média surgiram muitos burgos nas regiões mais ricas da Europa. Surgiram também os burgueses e novas profissões ligadas ao comércio e às finanças.


Ilustração de um burgo medieval: origem de muitas cidades
Ilustração de um burgo medieval: origem de muitas cidades

 

Contexto histórico e principais causas



No final da Idade Média (entre os séculos XIII e XV), a Europa passou por transformações sociais, econômicas e políticas de grande importância. O fortalecimento do comércio e o surgimento da burguesia favoreceram o desenvolvimento e surgimento de muitas cidades.

 

Renascimento urbano e comercial no final da Idade Média e suas principais consequências


Muitas destas novas cidades surgiram a partir dos burgos, que eram conjuntos de habitações fortificadas que serviam de residência para os burgueses. Com a dinamização da economia nas cidades, em consequência da dinamização do comércio, muitas pessoas começaram a deixar o campo para tentar a vida nos centros urbanos. Portanto, nos séculos XIV e XV, a Europa passou por um importante processo de êxodo rural (saída das pessoas do campo para as cidades).

 

Foto aérea de um burgo medieval

Foto de um burgo preservado: atualmente, muitos são pontos turísticos de cidades europeias.



Surgimento de novas profissões 



Com mais pessoas morando nas cidades europeias, as necessidades e transformações aumentaram muito. Começaram a surgir novas profissões e oportunidades de trabalho. O dinheiro, principalmente moedas de ouro e prata, começou a circular com maior intensidade.


Os cambistas, por exemplo, ganharam espaço na sociedade, pois com o avanço do comércio eram necessárias as trocas de moedas, para o bom funcionamento das relações comerciais entre as várias regiões da Europa. Nesta época, cada cidade ainda possuía um tipo de moeda diferente.


Surgiram também os banqueiros para garantir e proteger, com segurança, as fortunas dos prósperos burgueses. Cheques, cartas de créditos e outras modalidades financeiras também começaram a ser utilizadas neste período.

 


Organização dos trabalhadores 


Os artesãos e comerciantes começaram a se organizar como uma maneira de obterem melhores resultados em suas atividades. Os artesãos criaram as corporações de ofício, enquanto os comerciantes estabeleceram as guildas.

 

Renascimento comercial no final da Idade Média

Surgimento das feiras medievais: uma das consequêncais do renascimento comercial no final da Idade Média

 

 

 



atualizado em 26/07/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Renascimento Urbano e Comercial Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Fontes de pesquisa consultadas para a elaboração do texto:

 

- SILVA, Marcelo Cândido da. História Medieval. São Paulo: Contexto, 2019.

 

- CAMPOS, Raymundo. Estudos de História Moderna e Contemporânea. São Paulo: Editora Atual, 1988.

 

- SANTOS, Maria Januária Vilela. História Antiga e Medieval. São Paulo: Ática, 1998.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.