Europa no Século XIX: história, revoluções e ideologias

Conheça o contexto histórico da Europa no século XIX, as revoluções e ideologias


Imperialismo: uma das marcas do século XIX
Imperialismo: uma das marcas do século XIX

 

Contexto histórico

 

No século XIX, ocorreram muitas transformações no continente europeu. Foi um século de guerras, surgimento de novas ideologias e revoluções sociais. Foi uma época em que houve grande avanço da industrialização na Europa (principalmente na Inglaterra) e o desenvolvimento do imperialismo (conquista e dominação europeia sobre a África e a Ásia). Esse século também é conhecido como a “Era dos Impérios”. O fortalecimento do liberalismo e do nacionalismo também são marcas desse século, assim como o surgimento do socialismo.

 

Principais fatos históricos e ideologias do século XIX na Europa.

 

 - Congresso de Viena (1814-1815): tentativa de manutenção do Antigo Regime e estabelecimento de um novo mapa europeu após a derrota da França de Napoleão Bonaparte.

 

- Revolução liberal do Porto (1820): estabeleceu o fim do absolutismo em Portugal e a redação de uma nova Constituição (1822).

 

- Revoluções de 1830: ocorreram em vários países da Europa (França, Bélgica, Portugal, Suíça e Polônia). Teve o nacionalismo e o estabelecimento de monarquias constitucionais como principais características. Foi nesse contexto que ocorreram a independência da Bélgica e o início da unificação italiana.

 

- Revolução de 1848: ficou também conhecida como “Primavera dos Povos”. Ocorreu em vários países da Europa como, por exemplo, França, Império Austríaco, Estados Alemães, Estados Italianos, Hungria e Polônia). Se caracterizaram, principalmente, por terem sido revoluções burguesas de caráter liberal e democrático. Foi nesse contexto que teve início o processo de unificação da Alemanha. Essas revoluções provocaram importantes mudanças sociais e culturais na Europa.

 

- Comuna de Paris de 1871: experiência de governo de caráter socialista e radical, que ocorreu, na cidade de Paris, entre março e maio de 1871. Teve início após uma revolta popular (composta principalmente por trabalhadores urbanos parisienses) que tomou a prefeitura da cidade em 18 de março. O exército reprimiu violentamente o movimento, deixando milhares de mortos.

 

- Surgimento de novas doutrinas sociais: socialismo (utópico e científico) e anarquismo (organização da sociedade sem governo). O socialismo surgiu em oposição ao capitalismo, defendendo uma sociedade sem classes sociais e sem empresas privadas (economia controlada totalmente pelo governo, que seria composto por trabalhadores). O principal ideólogo do socialismo foi o filósofo, historiador e sociólogo alemão Karl Marx.


Reunião dos líderes europeu no Congresso de Viena

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Congresso de Viena: um dos principais fatos históricos da Europa no século XIX.



 

Publicado em 04/05/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Europa no Século XIX: história, revoluções e ideologias Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A Era dos Impérios 1875 - 1914

Autor: Hobsbawm, Eric J.

Editora: Paz e Terra

Temas do livro: História Geral


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.