Alta Idade Média

A História da Alta Idade Média, início do feudalismo, resumo, características, fatos históricos importantes


Ruralização da economia: uma das principais características da Alta Idade Média
Ruralização da economia: uma das principais características da Alta Idade Média

 

Introdução - período histórico

 

A Alta Idade Média é o período da história Medieval que tem início na queda do Império Romano do Ocidente (476) até o ano 1000. Corresponde ao período de formação e estruturação do feudalismo.

 

Resumo das principais características deste período:

 

- Formação de reinos independentes no final do século V (Reinos Franco, Ostrogodo, Visigodo, Vândalo, Burgúndio, Lombardo, Suevo, entre outros). Estes reinos eram governados por uma nobreza composta por germânicos e descendentes que invadiram o Império Romano.

 

- Formação do feudalismo, com a integração da cultura romana com a germânica. Dos romanos houve a incorporação do sistema de colonato (tradição acerca do uso da terra) e dos bárbaros o comitatus (tradição acerca das relações militares, principalmente de fidelidade e proteção). Esse último elemento deu origem ao sistema de vassalagem e suserania.

 

- Ruralização da Europa - economia baseada na agricultura (principalmente de subsistência), pouco uso de moedas, formação de feudos e poucos contatos comerciais externos.

 

- Poder descentralizado e fragmentado: força política, militar e econômica nas mãos dos senhores feudais.

 

- Sociedade estamental e hierarquizada em ordens: clero (os que rezam), nobreza (os que guerreiam) e servos (os que trabalham). Esse últimos deviam elevados impostos e taxas aos senhores feudais, que eram pagos em produtos (gêneros agrícolas) e trabalho.

 

- Fortalecimento do cristianismo e crescimento do poder da Igreja Católica, que justificava a sociedade a partir de explicações religiosas. Teocentrismo, dogmatismo e fé prevaleceram na sociedade da Alta Idade Média.

 

- Teocentrismo e enfraquecimento da cultura laica.

 

- Invasões nos séculos IX e X - vikings, húngaros, sarracenos e eslavos invadiram e saquearam várias cidades da Europa. 

 

Fim da Alta Idade Média 

 

Não existe uma data específica que marca o fim deste período. Uma série de mudanças que ocorreram na Europa no século X é responsável pela modificação estrutural, econômica e cultural que deu início ao enfraquecimento do feudalismo. O período seguinte, que vai de século XII até o XV (aproximadamente) é conhecido como Baixa Idade Média.

 

Exemplos de fatos históricos importantes ocorridos na Alta Idade Média:

 

- 438 - Elaboração do Código de Teodósio (compilação das leis do Direito Romano).

 

- 481 - começo do reinado de Clóvis, primeiro rei merovíngio dos Francos.

 

- 787 - invasão viking na Inglaterra.

 

- 800 - Carlos Magno é coroado imperador.

 

- 843 - Tratado de Verdun que dividiu o Império Carolíngios entre os três netos de Carlos Magno

 

- 987 - Hugo Capeto é coroado rei da França.


Imagem medieval mostrando integrantes da Igreja Católica na Idade Média

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fortalecimento do poder da Igreja Católica: uma das principais características da Alta Idade Média.

 

 

Última revisão: 06/04/2020

___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Alta Idade Média Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A Idade Média - o nascimento do Ocidente

Autor: Franco Júnior, Hilário

Editora: Brasiliense

Temas: História Medieval

 

 

Fontes de pesquisa utilizadas na elaboração do texto:

 

- NETO, J. A. Freitas; TASINAFO, Celio Ricardo. História Geral e do Brasil. São Paulo: Harbra, 2015.

 

- ARRUDA. José Jobson de Andrade. História Antiga e Medieval. São Paulo: Editora Ática, 1988.


Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.