Revolta dos Boxers

O que foi, história, resumo, causas, ano em que ocorreu, curiosidade, desfecho, bibliografia indicada


Integrantes dos boxers que lutaram contra o domínio estrangeiro na China
Integrantes dos boxers que lutaram contra o domínio estrangeiro na China

 

O que foi

 

Também conhecida como Guerra dos Boxers ou Rebelião dos Boxers, foi um movimento popular de caráter anticolonialista, que ocorreu na China, na virada do século XX (1899 a 1901).  Neste movimento, várias organizações populares lutaram contra a influência colonialista estrangeira no comércio, na política e na religião.



Antecedentes: as principais causas


No final do século XIX, os países ocidentais e o Japão tinham grande controle sobre as políticas econômicas na China e um significativo controle territorial e comercial ao norte do país. Os camponeses desta área sofriam economicamente, e acabaram culpando os estrangeiros por isso.



A rebelião


No final da década de 1890, os boxers, membros de uma sociedade formada por camponeses do norte da China, começaram a atacar missionários cristãos, cristãos chineses e estrangeiros. Esses ataques acabaram se espalhando para a capital, Pequim, em junho de 1900, com a destruição de estações ferroviárias e igrejas. A área onde viviam os diplomatas estrangeiros também foi sitiada. A imperatriz Tzu’u Hzi apoiou os rebelados, declarando guerra a todos os países estrangeiros que mantinham relações diplomáticas com a China.


Em agosto de 1900, aliados de vários países saíram do norte da China para tomar Pequim e sufocar a rebelião, que terminou oficialmente em setembro de 1901, com a assinatura do Protocolo Boxer. Ele determinava a punição dos envolvidos e exigia que a China pagasse indenizações de milhões de dólares aos países afetados.

 

A China só conseguiu se livrar, em definitivo, da presença imperialista estrangeira em 1949, através da Revolução Comunista, liderada por Mao Tsé-tung.

 

Curiosidade histórica:

 

- O nome da rebelião está relacionado com o fato de muitos revoltosos praticarem o "boxe chinês", conhecido como kung fu. Eles faziam parte de uma sociedade secreta chinesa conhecida como Punhos Harmoniosos e Justiceiros. Esse grupo foi a principal liderança da Revolta dos Boxers.


Cartaz de propaganda dos boxers

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cartaz de propaganda dos boxers mostrando um atentado contra uma base estrangeira.



 

Última atualização em 20/05/2020
___________________________________

Revisado por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Revolta dos Boxers Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A extraordinária história da China

Autor: Couto, Sérgio Pereira

Editora: Universo dos livros

Ano: 2008

Temas do livro: História, Cultura

 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.