Terceira Geração do Romantismo no Brasil

As características, escritores e obras de destaque da Terceira Geração do Romantismo no Brasil


Castro Alves: um dos principais escritores do Terceira Geração do Romantismo no Brasil
Castro Alves: um dos principais escritores do Terceira Geração do Romantismo no Brasil

 

O que foi



A Terceira Geração do Romantismo no Brasil teve seu início na década 1870. Foi um período marcado por ideias que vieram a partir de uma visão crítica e mais aprofundada da realidade social da época.


Nesse momento da literatura brasileira, a estrutura do pensamento eram as ideias abolicionistas, republicanas e liberais.


O grande nome da poesia, Castro Alves, foi o poeta de maior importância nessa fase do Romantismo. Em seu poema, Navio Negreiro, ele se destacou por seu poema que era completamente favorável a libertação dos escravos.



Resumo das principais características:



- As principais características deste período eram as ideias abolicionistas, republicanas e liberais.


- Os escritores da terceira geração romântica eram fortemente influenciados pelos pensamentos positivistas e evolucionistas.

 

- Essa geração teve também a influência literária do romancista e poeta francês Victor Hugo.


- Grandes pensadores como Rui Barbosa e Joaquim Nabuco, e poetas de renome, como Castro Alves, tiveram grande notoriedade na disseminação dessas novas ideias, que eram completamente contrárias as das gerações anteriores do Romantismo.

- Oposição ao amor platônico.


- Nesse momento do Romantismo brasileiro, o patriotismo e o subjetivismo – tão notórios na primeira e segunda geração romântica- eram absolutamente incompatíveis.



Principais escritores



- Tobias Barreto (1839-1889)


- Sílvio Romero (1851-1914)


- Capistrano de Abreu (1853-1927)


- Joaquim de Sousa Andrade, mais conhecido como Sousândrade (1833-1902)


- Joaquim Nabuco (1849-1910)


- Rui Barbosa (1849-1923)


- Castro Alves (1847-1871)

 


Obras de destaque



- Espumas Flutuantes (1870), Castro Alves.


- Navio Negreiro (1868), Castro Alves.


- O Cabeleira (1876), Franklin Távora.


- O Abolicionismo (1883), Joaquim Nabuco.

 

Curiosidade:

 

- Essa geração de escritores românticos ficou conhecida também como "Geração Condoreira" e o movimento literário como "Condoreirismo". Esses nomes foram referências à ave condor, símbolo da liberdade, tão valorizada pelos escritores dessa geração do Romantismo.


Capa do livro Navio Negreiro de Castro Alves, 1959

 

 

 

 

Capa do livro Navio Negreiro de Castro Alves (edição de 1959): uma das principais obras da Terceira Geração do Romantismo no Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Artigo publicado em: 10/02/2020
___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).






Terceira Geração do Romantismo no Brasil Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- BOSI, Alfredo. História Concisa da Literatura Brasileira. São Paulo: Cultrix, 2015.

 

- ABAURRE, Maria Luiza M.; PONTARA, Marcela. Literatura Brasileira: Tempos, Leitores e Leituras. São Paulo: Moderna, 2005.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.