Fusos Horários do Brasil

Os fusos horários são importantes para sabermos os horários em cada estado brasileiro.


Explicação sobre os fusos horários do Brasil
Explicação sobre os fusos horários do Brasil

 

Antes de conhecer os fusos horários do Brasil, é importante saber o que é fuso horário.

 

 

Definição geográfica

 

O fuso horário é a região do globo que compartilha a hora oficial. Os fusos horários foram definidos em 1884, em uma convenção nos Estados Unidos com o objetivo de padronizar o horário mundial. Dessa forma, o globo terrestre foi dividido em 24 zonas, cada uma de 15° de amplitude, correspondendo a 60 minutos do dia.


Referência para os fusos e como ele é definido


A referência para a definição dos fusos horários foi o meridiano de Greenwich, que cruza o distrito de Greenwich, em Londres. O meridiano de Greenwich é o eixo do fuso 0. Os fusos localizados à leste de Greenwich possuem as horas adiantadas, por isso são definidos por números positivos. Os fusos a oeste de Greenwich possuem as horas atrasadas, portanto, são definidos por números negativos.


Dessa forma, para definir o horário de uma localidade é preciso identificar o fuso no qual ela está localizada e verificar quantos fusos a distanciam de Greenwich (fuso 0). Brasília, por exemplo, está localizada no fuso -2, logo seu horário é atrasado 3 horas em relação ao horário de Greenwich. Dessa forma, quando for 10 horas em Greenwich, será 7 horas em Brasília.

 

Mapa Mundi com fusos horários

Fusos Horários: são 24 zonas horárias de 60 minutos.

 

 

Os quatro fusos horários do Brasil

 

 

Em função de sua grande extensão territorial, o Brasil possui quatro fusos horários diferentes:

 

PRIMEIRO FUSO: atrasado em 2 horas em relação à hora de Greenwich (UTC-2 e +1h em relação ao horário de Brasília). É também chamado de Hora de Fernando de Noronha. Nesse fuso estão localizados os arquipélagos de Fernando de Noronha, Trindade e Martim Vaz e o Atol das Rocas.

 

SEGUNDO FUSO: Atrasado em 3 horas em relação à hora de Greenwich (UTC-3). É conhecido como o horário oficial de Brasília. Nesse fuso está localizada a maior quantidade de estados do Brasil. São eles: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Distrito Federal, Tocantins, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão e Pará.

 

TERCEIRO FUSO: atrasado em 4 horas em relação à hora de Greenwich (UTC-4 e -1h em relação ao horário de Brasília). É chamado também de Hora do Amazonas. Nesse fuso estão localizados os seguintes estados: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Amazonas e Roraima.

 

QUARTO FUSO: atrasado em 5 horas em relação à hora de Greenwich (UTC-5 e -2h em relação ao horário de Brasília). É chamado também de Hora do Acre. Nesse fuso está localizado apenas o estado do Acre.

 

Mapa pequeno dos fusos horários do Brasil
Mapa dos fusos horários do Brasil (clique no mapa para ampliar)

 

Fonte do mapa: IBGE em https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_brasil/brasil_fuso_horario.pdf

 

 

Curiosidade:

 

- O país com maior quantidade de fusos horários é a Rússia. O maior país do mundo possui 11 fusos horários.

 



atualizado em 10/12/2020

Por Jóyce Oliveira Leitão
Licenciada em Geografia (Universidade Estadual de Londrina - 2009), Bacharela em Geografia (USP - 2014) e Mestra em Geografia (Unicamp - 2017).




Você também pode gostar de:


Fusos Horários do Brasil Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- VESENTINI, José William. Sociedade e Espaço. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Ática, 2006. 

 

- ALMEIDA, Lúcia Marina Alves de. Fronteiras da Globalização. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Ática, 2004. 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.