Religiões no Brasil

As principais religiões no Brasil e número de seguidores, crenças, tradições


Brasil: um país com grande diversidade religiosa
Brasil: um país com grande diversidade religiosa

 

Introdução 

 

O Brasil é um país que possui uma rica diversidade religiosa. Em função da miscigenação cultural, fruto dos vários processos imigratórios, encontramos em nosso país diversas religiões (cristã, islâmica, afro-brasileira, judaica, etc.). Por possuir um Estado Laico, o Brasil apresenta liberdade de culto religioso e também a separação entre Estado e Igreja.



Dados de 2020 (Fonte: IBGE):



Principais religiões seguidas pelos brasileiros:


Católica: 50%

Evangélica: 31%

Não tem religião: 10%

Espírita: 3%

Umbanda, candomblé ou outras religiões afro-brasileiras: 2%

Outra: 2%

Ateu: 1%

Judaica: 0,3%




Religião no Brasil por sexo:


Católicos:

    Mulher: 51%
    Homem: 49%


Evangélicos:

    Mulher: 58%
    Homem: 42%




Religião por cor da pele:


Católicos:

    Parda: 41%
    Branca: 36%
    Preta: 14%
    Amarela: 2%
    Indígena: 2%
    Outras: 4%


Evangélicos:

    Parda: 43%
    Branca: 30%
    Preta: 16%
    Amarela: 3%
    Indígena: 2%
    Outras: 5%




Religião por idade:


Católicos:

    16 a 24 anos: 13%
    25 a 34 anos: 17%
    35 a 44 anos: 18%
    45 a 59 anos: 26%
    60 anos ou mais: 25%


Evangélicos:

    16 a 24 anos: 19%
    25 a 34 anos: 21%
    35 a 44 anos: 22%
    45 a 59 anos: 23%
    60 anos ou mais: 16%





Religião por escolaridade:


Católicos

    Fundamental: 38%
    Médio: 42%
    Superior: 20%



Evangélicos

    Fundamental: 35%
    Médio: 49%
    Superior: 15%




Religião por Renda:


Católicos

    Até 2 salários mínimos: 46%
    De 2 a 3 salários mínimos: 21%
    De 3 a 5 salários mínimos: 17%
    de 5 a 10 salários mínimos: 9%
    Mais de 10 salários mínimos: 2%



Evangélicos

    Até 2 salários mínimos: 48%
    De 2 a 3 salários mínimos: 21%
    De 3 a 5 salários mínimos: 17%
    de 5 a 10 salários mínimos: 7%
    Mais de 10 salários mínimos: 2%



Religião por Região do país:


Católicos

    Sudeste: 45%
    Sul: 53%
    Nordeste: 59%
    Centro-Oeste: 49%
    Norte: 50%


Evangélicos

    Sudeste: 32%
    Sul: 30%
    Nordeste: 27%
    Centro-Oeste: 33%
    Norte: 39%

 

Foto de uma missa católica numa igreja

Igreja Católica possuí o maior número de fiéis, porém os evangélicos crescem rapidamente em número de seguidores. (foto: Missa católica)

 

 

Por que o cristianismo é a religião predominante no Brasil?

 

O cristianismo, particularmente o catolicismo romano, tornou-se a religião predominante no Brasil em grande parte devido à história da colonização portuguesa do país. Em 1500, quando o explorador português Pedro Álvares Cabral desembarcou no que hoje é o Brasil, ele trouxe não apenas a bandeira portuguesa, mas também a fé católica romana. A Igreja Católica estava entrelaçada com o estado português, e o processo de colonização foi acompanhado por um forte esforço missionário, principalmente pelos jesuítas. Esses missionários desempenharam um papel crucial na assimilação cultural e religiosa dos povos indígenas. A influência da Igreja era tão abrangente que o catolicismo foi a religião do estado do Brasil até a proclamação da República em 1889.


Durante toda a era colonial do Brasil, e mesmo após sua independência em 1822, o catolicismo permaneceu como a religião dominante. A Igreja influenciou vários aspectos da vida, desde a educação e saúde até a política e a cultura. Com o tempo, isso levou à presença enraizada das tradições e valores católicos na sociedade brasileira. Apesar da separação entre igreja e estado no final do século XIX e do aumento do pluralismo religioso nas últimas décadas, o legado do domínio histórico do catolicismo ainda é evidente. Isso se reflete nas demografias religiosas do Brasil, em festivais culturais como o Carnaval e na proeminência de símbolos católicos icônicos, como a estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro. Além disso, a chegada de outras denominações cristãs, principalmente durante o século XX, solidificou ainda mais a posição predominante do cristianismo no Brasil.

 

 

Você sabia?

 

- Entre os dias 1 e 7 de fevereiro é comemorada a Semana Mundial da Harmonia entre as Religiões.

 

- No dia 7 de janeiro é comemorado o Dia da Liberdade de Cultos.

 

 



Por Jefferson Evandro M. Ramos (graduado em História pela Universidade de São Paulo).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

As religiões no Brasil

Autor: Menezes, Renata

Editora: Vozes


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.