Gustav Klimt

Gustav Klimt foi um artista plástico austríaco simbolista e da art nouveau.


Gustav Klimt: importante pintor austríaco da art nouveau
Gustav Klimt: importante pintor austríaco da art nouveau

 

Quem foi

 

Gustav Klimt foi um desenhista e pintor austríaco, cujas obras de arte se enquadram no contexto de dois movimentos artísticos modernistas: simbolismo e art nouveau. É considerado um dos grandes representantes da arte moderna na Áustria.


Biografia resumida

 

- Gustav Klimt nasceu em 17 de julho de 1862, na cidade austríaca de Viena.


- Em 1900, chegou ao auge de sua carreira ao ganhar o Grande Prêmio na Feira Mundial de Paris. Foi muito polêmico, recebendo duras críticas dos setores mais conservadores da sociedade vienense do começo do século XX. As críticas eram direcionadas, principalmente, ao uso de elementos sensuais e eróticos em suas pinturas.


- Na adolescência, Klimt foi estudar na Escola das Artes Decorativas de Viena.

 

- Em 1909 viajou para Paris e estabeleceu contato com o pintor Toulouse-Lautrec. Neste período, conheceu também o fauvismo que o influenciou muito.


- Faleceu no dia 6 de fevereiro de 1918, aos 55 anos, na mesma cidade em que nasceu.


Fotografia do pintor austríaco Gustav Klimt

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Características de seu estilo artístico (pinturas e desenhos):

 

- Pintou imagens sensualizadas de mulheres.

 

- Uso de ornamentos e enfeites nas pinturas, principalmente de flores e de cores dourada e prateada.

 

- Oposição ao movimento artístico e cultural do classicismo.

 

- Uso de inspirações de paisagens naturais austríacas.

 

- Utilização de cores em formato de caleidoscópio.

 

- Utilização de forte simbolismo.

 

- Presença de movimentos nas obras de arte


Principais obras de Gustav Klimt:

 

- Amor (1895)

- Música (1901)

- Judite I (1902)

- Faiais I (1902)

- O friso de Beethoven (1902)

- Esperança I (1903)

- Retrato de Adele Bloch-Bauer I (1907)

- Girassol (1907)

- Esperança II (1908)

- O beijo (1908)

- Chapéu de penas pretas (1910)

- Jardim com crucifixo (1912)

- Maçã I (1912)

- Morte e Vida (1916)

- Bailarina (1918)


O Beijo, obra de Gustav Klimt

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Beijo (1908): uma das obras mais famosas de Gustav Klimt.

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

Revisado em 08/09/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Gustav Klimt Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Klimt - Posters (coleção Scala Posters)

Autor: Klimt, Gustav

Editora: Scala / Paisagem

Temas da obra: História da Arte


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.