Danton

Danton foi um político francês que participou da Revolução Francesa.


Danton: um dos líderes da Revolução Francesa
Danton: um dos líderes da Revolução Francesa

 

Quem foi

 

Georges-Jacques Danton (nome completo) foi um advogado, político e orador francês do século XVIII. Ganhou notoriedade por ter participado do início do processo de Revolução Francesa (1789).

 

Danton foi líder dos jacobinos e, junto com Marat e Robespierre, um dos grandes líderes da Revolução Francesa.



Biografia resumida de Danton

 

Danton nasceu em 26 de outubro de 1759, na cidade de Arcis-sur-Aube (Reino da França). Nasceu numa família de pequenos burgueses.

 

Danton recebeu uma boa educação e ganhou uma bolsa para estudar direito em Paris. Ele se tornou advogado em 1787 e logo estabeleceu uma prática de sucesso.

 

A carreira política de Danton começou com o início da Revolução Francesa em 1789. Como membro do "Cordeliers Club", um dos grupos políticos mais radicais de Paris, ele se destacou por seus discursos poderosos e personalidade forte. Ele foi eleito para a Comuna de Paris (o governo da cidade) em 1790.

 

Em 1787, foi nomeado advogado do rei da França.

 

Em agosto de 1792, participou da insurreição parisiense, que pedia a saída de Luís XVI e a instituição da República na França.

 

Em setembro de 1792, foi escolhido como ministro da justiça da França. Ocupou esse cargo até outubro desse mesmo ano, realizando um papel fundamental na derrubada da monarquia e no estabelecimento da Primeira República Francesa.

 

Em setembro de 1792, quando os soldados prussianos marchavam em direção à Paris, fez um inflamado discurso para convencer o governo francês a resistir ao invés de abandonar a capital. Esse discurso ficou marcado pelo tom patriótico e estimulou os franceses a lutarem pela liberdade e contra a ameaça externa.

 

Foi escolhido, em 1793, para Presidente da Convenção Nacional. Ficou nesse cargo até 8 de agosto desse mesmo ano.

 

Foi também Membro da Convenção Nacional (regime político que vigorou na França entre 20 de setembro de 1792 e 26 de outubro de 1795, no processo da Revolução Francesa) entre 20 de setembro de 1792 e 5 de abril de 1794.

 

Em 1794, ficaram evidentes seus desentendimentos com relação aos ideais jacobinos e outros integrantes do governo revolucionário, que adotavam medidas radicais e violentas. Foi acusado de ser contra a pátria e recebeu a sentença de pena de morte na guilhotina. Sua execução ocorreu em 5 de abril de 1794.

 

Estátua em homenagem a Danton
Estátua em homenagem a Danton na cidade francesa de Tarbes.

 

 

Desenho do rosto de Danton em preto e branco

Desenho do rosto de Danton feito pelo pintor francês Jacques-Louis David

 

 

Você sabia?

 

Como advogado, Danton defendeu o Rei da França argumentando por clemência e tentando evitar sua execução durante a Revolução Francesa.

 

 


 

Artigo publicado em: 11/12/2019 e atualizado em 15/06/2024

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Os grandes líderes - Danton

Autor: Dwyer, Frank

Editora: Nova Cultural


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.