Tundra

A Tundra é um bioma presente em regiões de clima frio e caracterizada pela vegetação rasteira.


Tundra: vegetação típica de regiões frias
Tundra: vegetação típica de regiões frias


Definição (o que é)

 

Tundra é um tipo de vegetação rasteira típica de regiões polares que ficam cobertas por gelo durante grande parte do ano. Na época do verão, este gelo derrete e a tundra se desenvolve.

 

Onde existe tundra?

 

Podemos encontrar este tipo de vegetação em várias partes do mundo de climas subártico e polar como, por exemplo: Sibéria (norte da Rússia), norte do Canadá, Groenlândia, Suécia, Alasca, Noruega e Finlândia.

 

Características principais da tundra:

 

A tundra é altamente resistente a baixas temperaturas e ao gelo. Necessita de pouca quantidade de sol durante o ano. Uma característica comum deste tipo de bioma é a presença de fungos, ervas, líquens e pequenos arbustos. Árvores são quase inexistentes devido às condições climáticas adversas.

 

As plantas presentes na tundra se desenvolvem lentamente.

 

O solo das regiões com presença da tundra apresentam duas características principais: pobre em matéria orgânica e finos.

 

Uma característica definidora da tundra é o permafrost, uma camada de solo permanentemente congelada que pode ter vários metros de espessura.

 

As regiões de tundra normalmente experimentam condições muito frias, com a temperatura média no inverno em torno de -34 °C e as temperaturas de verão raramente ultrapassando 10°C.

 

Apesar das condições severas, os biomas de tundra suportam uma variedade de vida selvagem adaptada ao frio e aos recursos alimentares limitados, incluindo raposas árticas, caribus e numerosas espécies de aves migratórias.

 

 

Exploração econômica em regiões do bioma Tundra

 

Na Tundra, a exploração econômica predominante inclui a extração de petróleo e gás, bem como a mineração, atividades concentradas principalmente nas regiões Árticas de países como Rússia, Alasca e Canadá. Essas operações, que exploram recursos como carvão, diamantes e metais, trazem benefícios econômicos significativos, mas também geram grandes impactos ambientais, como poluição e alteração de paisagens.


Além disso, a criação de renas é uma prática econômica e cultural vital para as comunidades indígenas do Ártico, como os Sami na Escandinávia e grupos nativos na Sibéria e América do Norte. Contudo, esta atividade enfrenta desafios crescentes devido às interferências das indústrias e às mudanças climáticas, que ameaçam os padrões tradicionais de pastoreio e a sustentabilidade dos rebanhos.

 

 

Fauna da tundra

 

Na época do verão, quando floresce este tipo de vegetação, muitos animais buscam alimento neste rico bioma. A fauna da tundra apresenta animais de pequeno e grande porte. Os herbívoros são a maioria, sendo que podemos destacar os bois almiscarados, os lemingues (pequenos roedores), renas e lebres do ártico.

 

Foto de uma região montanhosa com vegetação de tundra

Tundra: vegetação caracterizada por musgos, líquens, gramíneas e poucos arbustos.

 

 



Artigo revisado por Marcia Rodrigues - Professora de Geografia - Graduada pela Universidade de Guarulhos (2005)




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Fontes de referência do texto:

 

- ALMEIDA, Mauricio de. Geografia Global - Geral e do Brasil - Volume Único - Ensino Médio. São Paulo: Escala Educacional, 2010. 

 

- SENE, Eustáquio de, MOREIRA, João Carlos. Geografia – Projeto Múltiplo. São Paulo: Scipione, 2014. 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.