Zigurate

O Zigurate era um templo em formato de pirâmide com função religiosa na Mesopotâmia.


Ruínas de um zigurate
Ruínas de um zigurate


O que era e principais características dos zigurates

 

O zigurate era uma espécie de templo construído pelos assírios, babilônios e sumérios, povos da Antiga Mesopotâmia.



Esta construção tinha o formato de uma pirâmide, porém com a presença de espécies de degraus.

 

Os zigurates possuíam de 3 a 6 andares. Eram construídos de pedra ou de tijolos cozidos ao Sol.

 

A entrada era feita através do topo do templo, sendo que o acesso ocorria através de uma rampa espiralada, construída nas paredes externas do zigurate.



Sua função religiosa era muito importante, pois os antigos mesopotâmicos acreditavam que os zigurates serviam de morada para os deuses.

 

Através destas construções, acreditavam que os deuses estariam mais perto da sociedade. Logo, somente os sacerdotes poderiam acessar as partes internas do zigurate. 

 

Curiosidades:

 

- A "Torre de Babel" era, na verdade, um zigurate vertical de aproximadamente 90 metros de altura. Foi construído durante o reinado do imperador babilônico Nabucodonosor II.

 

- Os zigurates foram criados pelos sumérios.

 

Foto do Zigurate da cidade de Ur

Zigurate da cidade de Ur após reconstrução.

 

 

 

 

 



atualizado em 03/08/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).

 




Você também pode gostar de:


Zigurate Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- PILETTI, Nelson. História e Vida Integrada. São Paulo: Editora Ática, 1998.

- COTRIM, Gilberto. História Global – Brasil e Geral, São Paulo: Saraiva, 2011.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Logotipo do site Suapesquisa.com em preto e branco Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.