Segunda Revolução Industrial

A Segunda Revolução Industrial teve início na segunda metade do século XIX.


Indústria do final do século XIX
Indústria do final do século XIX

 

Introdução 

 

A Segunda Revolução Industrial aconteceu na segunda metade do século XIX e representou um aprimoramento técnico e científico da Primeira Revolução Industrial da segunda metade do século XVIII.



Contexto histórico da Europa na segunda metade do século XIX

 

A segunda metade do século XIX foi um período transformador na história europeia, caracterizado por mudanças sociais, políticas e econômicas significativas. O período marcou o auge da Revolução Industrial, que teve impactos de longo alcance em todo o continente. À medida que as novas tecnologias transformavam a manufatura e a comunicação, a Europa experimentava uma rápida urbanização e crescimento econômico. Essa transição, no entanto, também levou a convulsões sociais e desigualdades gritantes, à medida que aumentava o fosso entre a burguesia industrializada e um crescente proletariado urbano.


A importância do poder industrial e econômico levou ao aumento da competição entre os estados europeus, fomentando um clima de nacionalismo e preparando o terreno para a expansão colonial e o imperialismo.


Politicamente, esta era viu uma mudança na dinâmica do poder e nos sistemas de governança. As revoluções de 1848 desafiaram as monarquias tradicionais e promoveram as ideias de liberalismo e nacionalismo. Embora essas revoluções tenham sido amplamente malsucedidas em alcançar seus objetivos imediatos, elas provocaram mudanças que se desenrolaram ao longo da segunda metade do século.


Na década de 1870, a Itália e a Alemanha emergiram como estados-nação unificados, mudando o equilíbrio de poder na Europa.




Principais características da Segunda Revolução Industrial:

 

• Forte desenvolvimento tecnológico aplicado, principalmente, às indústrias elétrica, química, metalúrgica, farmacêutica e de transportes.


• Época de importantes invenções (veja relação abaixo) tecnológicas que melhoraram muito a qualidade de vida das pessoas e ajudaram a aumentar a produção das indústrias.


• Estados Unidos e Alemanha despontam como grandes potências industriais e econômicas, juntos com Inglaterra e França.


• A população urbana passa a ser maior do que a rural na Europa, O êxodo rural é motivado pelos empregos gerados nas indústrias das cidades.


• Utilização do gás e petróleo como combustíveis e fontes importantes de geração de energia. O carvão mineral começa, aos poucos, ficar em segundo plano.


• Uso da energia elétrica na iluminação urbana, residencial e industrial.


• Utilização do sistema de linha de produção nas indústrias.





Principais invenções tecnológicas deste período:



• Motor de combustão interna

• Automóvel

• Telefone


• Rádio


• Alto-falante


• Fita elétrica


• Furadeira elétrica


• Microfone


• Gramofone (também conhecido como fonógrafo)


• Refrigerador


• Filme fotográfico


• Antena


• Cinema


• Automóvel


• Lâmpada elétrica


• Válvula eletrônica


• Raio X



Graham Bell fazendo uma ligação em seu telefone
Graham Bell fazendo uma ligação em seu telefone (1892): uma das invenções do período da Segunda Revolução Industrial.

 

 

Imagem de um gramofone

Gramofone: outro importante invento da época da 2ª Revolução Industrial.







Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A Segunda Revolução Industrial
Autor: Lima, Alceu Amoroso
Editora: Agir


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.