Revolta da Armada

A Revolta da Armada foi uma insurreição de marinheiros contra o governo de presidente Floriano Peixoto.


Baía da Guanabara durante bombardeios em 13 de setembro de 1893.
Baía da Guanabara durante bombardeios em 13 de setembro de 1893.

 

O que foi


Levante da Marinha brasileira que, insatisfeita com a recém-proclamada República, exigia a renúncia do presidente Floriano Peixoto.



Contexto histórico


Os anos que se seguiram à derrubada da monarquia brasileira em 1889 testemunharam considerável agitação política. Em fevereiro de 1891, foi eleito o primeiro presidente da república, o marechal Deodoro da Fonseca. No entanto, depois de ordenar o fechamento do Congresso, ele foi forçado a renunciar quando o almirante Custódio de Melo ameaçou bombardear o Rio de Janeiro. O vice-presidente marechal Floriano Peixoto assumiu então a presidência.

 

Causas principais da Revolta da Armada

 

Como a Constituição de 1891 estipulava que novas eleições deviam ser realizadas se o presidente renunciasse antes de completar dois anos no poder, o governo de Peixoto era considerado como ilegal. Suas tendências autoritárias e centralizadoras criaram, além disso, mais descontentamento. Consequentemente, em março de 1892, treze generais e almirantes assinaram um manifesto pedindo eleições presidenciais de acordo com a Constituição. Peixoto reagiu muito fortemente a isso, demitindo-os ou aprisionando-os.

 

Fortificação de campanha da Revolta da Armada

Revolta da Armada (1894): soldados da Guarda Nacional com um canhão.

 

 

Como terminou

 

Em 6 de setembro de 1893 um grupo de oficiais voltou a se manifestar, e em 13 de setembro começaram os bombardeios aos fortes do litoral. Como não tivessem apoio popular, em maio de 1894 a revolta foi sufocada.

 

 

Rendição dos insurgentes da Revolta da Armada

Revolta da Armada: rendição dos insurgentes.

 

 



Última atualização: 15/02/2021

Revisado por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Revolta da Armada Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Fontes usadas como referência do texto:

- SILVA, Francisco de Assis. História do Brasil – Colônia, Império e República. São Paulo: Moderna, 2000.


- BOULOS JR., Alfredo. História do Brasil – Império e República. São Paulo: FTD, 1995.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.