Guerra de Reconquista na Espanha

A Guerra de Reconquista na Espanha foi o processo pelo qual os espanhóis expulsaram os árabes da Península Ibérica.


Reconquista da Espanha foi definida em 1492
Reconquista da Espanha foi definida em 1492

 

O que foi

 

Trata-se de uma longa série de guerras e batalhas entre os reinos cristãos e os mouros muçulmanos pelo controle da Península Ibérica. Teve início em 722 (data provável da Batalha de Covadonga) e se estendeu até 1492, com a reconquista de Granada pelos cristãos.


Invasão da Europa


Em 711, os mouros atravessaram o Mar Mediterrâneo a partir do norte da África e invadiram a Península Ibérica. Nos sete anos seguintes, eles avançaram para a Europa e controlaram a maioria da península.



Processo de Reconquista


A Reconquista começou com Batalha de Cavadonga, quando o rei Pelayo, dos visigodos, derrotou o exército muçulmano. No entanto, os cristãos e os mouros lutariam constantemente durante os próximos setecentos anos.


A última parte da Reconquista foi considerada uma guerra santa semelhante à das Cruzadas, de modo que várias ordens militares da igreja, como a Ordem de Santiago e a dos Cavaleiros Templários, lutaram na Reconquista.



Retomada de Granada


Depois de anos de luta, o rei Fernando de Aragão e a rainha Isabel de Castela, na Espanha, se casaram em 1469. Eles então uniram suas forças e reconquistaram Granada em 1492, terminando assim a Reconquista.

 

Batalha de Marraquexe durante a Guerra de Reconquista

Batalha de Marraquexe durante a Guerra de Reconquista

 

 

 



atualizado em 24/11/2020

Revisado por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Guerra de Reconquista na Espanha Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A Espanha Muçulmana

Autor: Yasbek, Mustafa

Editora: Ática

Ano: 1987


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.