Períodos Históricos da Grécia Antiga

Conheça os principais acontecimentos e avanços das fases da história da civilização grega.


O Período Clássico representou um grande desenvolvimento cultural
O Período Clássico representou um grande desenvolvimento cultural

 

Períodos da Grécia Antiga e suas características


 

1 - Pré-Homérico - entre 2000 a.C. e 1.100 a.C.


Foi a época de ocupação do território da Grécia. Desenvolvimento das civilizações Micênica e Cretense. Invasão dos Dórios no final deste período, provocando a dispersão dos povos da região e ruralização.

 

 

2  - Período Homérico - entre 1.100 a.C. e 800 a.C.


Esse período da História grega possui esse nome, pois as principais fontes históricas, que fornecem informações do período, são os poemas Ilíada e Odisseia do poeta Homero. O primeiro poema retrata a Guerra de Troia. Já o segundo é sobre as viagens de Ulisses (Odisseu) no seu retorno para a ilha de Ítaca.

 

Em função do uso dessas fontes, há muita informação histórica misturada com mitologia.

 

O Período Homérico vai do século XII a.C. ao VIII a.C., ou seja, corresponde ao final da Idade do Bronze e início da Idade do Ferro.

 

As principais características desse período são:

 

- Na fase inicial desse período, ocorreu o povoamento da Grécia pelos indo-europeus (povos arianos). Os dórios foram o último povo a chegar na Grécia e provocou a 1ª diáspora grega (dispersão dos povos gregos). Houve também a dispersão dos gregos pelas ilhas pelo mar Egeu e pelo sul da Ásia Menor (Jônia).

 

- Após o povoamento da península Balcânica, a população da Grécia Antiga passou a viver nos genos (pequenas comunidades primitivas). Esse sistema de organização social é conhecido como sistema gentílico.

 

- A economia era baseada, principalmente, na agricultura.

 

- Era uma sociedade patriarcal. O líder do genos era o pater famílias.

 

- No início desse período, a terra era de propriedade coletiva, ou seja, ainda não existia a propriedade privada da terra.

 

- Porém, quando ocorreu o crescimento populacional, em meados desse período, a falta de terras gerou a desestruturação do genos. Como resultado, os pater famílias e seus parentes passaram a controlar as terras mais férteis, originando assim a propriedade privada. Esse grupo social deu origem aos eupátridas (grupo social dominante).

 

- Os familiares mais distantes dos eupátridas passaram a trabalhar como camponeses, pois ficaram sem a propriedade de terras.

 

- Com a desestruturação do sistema gentílico ocorreu também a 2ª Diáspora Grega. Muitos gregos colonizaram a região do sul da Itália, que ficou conhecida como Magna Grécia.

 

- Portanto, já no final do período Homérico, formaram-se as pólis gregas (cidades-Estado), com uma sociedade estamental e existência da propriedade privada.

 

- Nesse período, houve a adaptação do alfabeto fenício à língua grega.

 

- No início do período Homérico começaram a ser escritas as primeiros obras literárias em grego arcaico.

 

Pintura em vaso grego mostrando Aquiles

Pintura em vaso grego retratando uma passagem da obra Ilíada, de Homero: o herói grego Aquiles recebendo, da nereida Tétis, a armadura feita por Hefesto (deus da metalurgia e dos ferreiros na mitologia grega).



Busto do poeta grego antigo Homero
Homero: seus poemas Ilíada e Odisseia são as principais fontes históricas do Período Homérico.

 

 

 

3 - Período Arcaico - entre 800 a.C. e 500 a.C.


Ocorreu o surgimento das pólis (cidades-Estado) com a formação de uma elite social, econômica e militar que passa a governar as cidades. Neste período ocorreu a divisão do trabalho e o processo de urbanização. Surge o alfabeto fonético grego e significativo desenvolvimento literário e artístico.

 

 

4 - Período Clássico - entre 500 a.C. e 338 a.C.


Época de grande desenvolvimento econômico, cultural, social e político da Grécia Antiga. Época de grande fortalecimento das cidades-estados gregas como, por exemplo, Esparta, Atenas, Tebas, Corinto e Siracusa. Foi também uma época marcada por conflitos externos como, por exemplo, as Guerras Médicas (entre gregos e persas no século V). Ocorreu também, neste período, a Guerra do Peloponeso (entre Atenas e Esparta). 

 

 

5 - Perído Helenístico - entre 338 a.C. e 146 a.C.


Essa fase foi marcada pelo enfraquecimento militar grego e a conquista macedônica na região. A cultura grega espalha-se pela região, fundindo-se com outras (helenismo).

 

Felipe II da Macedônia sobre um cavalo

Felipe II da Macedônia: dominou as cidades gregas e deu início ao Período Helenístico da história grega.

 

 

 



Última atualização: 16/12/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Períodos Históricos da Grécia Antiga Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- EYLER, Flávia Maria Schlee. História Antiga – Grécia e Roma: a formação do Ocidente. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.