NAFTA

O NAFTA é um bloco econômico formado por EUA, Canadá e México.


NAFTA: bloco econômico formado por Estados Unidos, Canadá e México
NAFTA: bloco econômico formado por Estados Unidos, Canadá e México

 

O que foi (definição) e criação

 

O NAFTA (North American Free Trade Agreement ou Tratado Norte-Americano de Livre Comércio) foi um bloco econômico formado por Estados Unidos, Canadá e México. O acordo foi assinado em 1 de outubro de 1992 e ratificado em 1993. Porém, entrou em funcionamento no dia 1º de janeiro de 1994.

 

O NAFTA foi substituído pelo Acordo Estados Unidos-México-Canadá (USMCA, na sigla em inglês), também conhecido como "NAFTA 2.0". O novo acordo foi assinado em 2018 e entrou em vigor em 2020, após negociações iniciadas em 2017. O USMCA atualizou várias disposições do NAFTA, com o objetivo de modernizar o comércio norte-americano, proteger a propriedade intelectual, oferecer condições justas de competição e aumentar as oportunidades de investimento entre os países membros. As mudanças incluíram novas regras para o setor automotivo, maior acesso ao mercado de laticínios canadense para os EUA, e a inclusão de capítulos sobre trabalho e meio ambiente. A renegociação do NAFTA foi uma das principais promessas de campanha do presidente Donald Trump, que criticava o acordo anterior por considerá-lo prejudicial aos interesses dos trabalhadores e da indústria dos Estados Unidos.

 

Quais eram os principais objetivos do NAFTA?

 

Criação de mecanismos econômicos e alfandegários para reduzir o custo do comércio praticado entre os países membros. Dentro deste propósito, os esforços são no sentido de eliminar ou reduzir os impostos de importação nas relações comerciais entre os países membros. Desta forma busca-se também o incremento da produtividade interna;

 

Criar sistemas que facilitem a circulação de mercadorias e serviços entre os países membros;

 

Possibilitar condições para que haja concorrência justa entre os países membros na área de livre comércio;

 

Incentivar e aumentar possibilidades de investimentos das nações que fazem parte do tratado;

 

Criar mecanismos que protejam os direitos de propriedade intelectual nos países membros do bloco econômico;

 

Criar mecanismos conjuntos para implementação, fiscalização e administração do Nafta, assim como a resolução de litígios;

 

Aprofundar a cooperação trilateral para estender os benefícios do acordo.




Funcionamento do NAFTA (vantagens para os países membros)

 

- Empresas dos Estados Unidos e Canadá conseguem reduzir os custos de produção, ao instalarem filiais no México, aproveitando a mão de obra barata.

 

- O México ganha com a geração de empregos em seu território.

 

- O México exporta petróleo para os Estados Unidos, aumento a quantidade desta importante fonte de energia na maior economia do mundo.

 

- A produção industrial mexicana, assim como as exportações, tem aumentado significativamente na última década.

 

- A geração de empregos no México pode ser favorável aos Estados Unidos, no sentido em que pode diminuir a entrada de imigrantes ilegais mexicanos em território norte-americano.

 

- Negociando em bloco, todos os países membros podem ganhar vantagens com relação aos acordos comerciais com outros blocos econômicos.

 

 

Foto dos representantes do NAFTA fazendo a assinatura do acordo.
Representantes dos três países do NAFTA fazendo a assinatura do acordo em 1992.

 

 

 



Revisado por Marcia Rodrigues - Professora de Geografia - Graduada pela Universidade de Guarulhos (2005)




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Mercosul, Nafta e Alca

Autor: Almeida, Paulo Roberto de

Editora: LTR

 

Mercosul & Nafta

Autor: Velloso, João Paulo dos Reis

Editora: José Olympio


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.