Blocos Econômicos

Saiba o que são blocos econômicos, exemplos dos principais e objetivos.


Transporte marítimo: grande importância para o comércio entre blocos econômicos
Transporte marítimo: grande importância para o comércio entre blocos econômicos

 

O que são e objetivos principais

 

Com a economia mundial globalizada, a tendência comercial é a formação de blocos econômicos. Estes são criados com a finalidade de facilitar o comércio entre os países membros. Adotam redução ou isenção de impostos ou de tarifas alfandegárias e buscam soluções em comum para problemas comerciais.

 

Em tese, o comércio entre os países constituintes de um bloco econômico aumenta e gera crescimento econômico para os países. Geralmente estes blocos são formados por países vizinhos ou que possuam afinidades culturais ou comerciais. Esta é a nova tendência mundial, pois cada vez mais o comércio entre blocos econômicos cresce. Economistas afirmam que ficar de fora de um bloco econômico é viver isolado do mundo comercial.

 


As principais características dos blocos econômicos são:

 

- Realização de negociações comerciais em conjunto com outros blocos ou países. Essa é uma vantagem, pois os países acabam tendo maior poder de negociação nas relações comerciais internacionais.

 

- Possuem internamente (entre os países membros) regras e leis, que facilitam as transações comerciais.

 

- Os blocos são formados tendo como princípio básico o objetivo de que todos os países membros sejam beneficiados comercialmente.

 

- A principal vantagem (ponto positivo) dos blocos econômicos é a redução ou eliminação de tarifas alfandegárias e taxas, para o comércio entre os países membros. Nesse sentido, são formadas as áreas de livre comércio.

 

- Possuem estatutos internos com normas e regras, que possibilitam o bom funcionamento do bloco.

 

- Possuem interesses comuns, no que se refere ao desenvolvimento econômico e relações comerciais.

 

- Grande parte dos blocos econômicos são formados por países vizinhos ou com afinidades econômicas.

 

- Os blocos econômicos começaram a se formar após o final da Segunda Guerra Mundial. Porém, com o avanço da globalização na década de 1990, eles ganharam força, sendo que muitos surgiram nessa década.

 

- Possuem sistemas de cooperação econômica, técnica e comercial. Inclusive, costuma haver aumentos de investimentos entre os países do bloco.

 

- Além da livre circulação de mercadorias e serviços, muitos blocos facilitam a circulação de pessoas integrantes dos países do bloco.

 

- Entram em funcionamento após diversas negociações entre os países membros, ou seja, até que todos cheguem a um acordo, que visa alcançar benefícios para todos os países integrantes.

 

 

Os principais blocos econômicos da atualidade e suas características:

 

UNIÃO EUROPEIA

 

A União Europeia (UE) foi oficializada no ano de 1992, através do Tratado de Maastricht. Este bloco é formado pelos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos (Holanda), Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia e Suécia. Este bloco possui uma moeda única que é o EURO, um sistema financeiro e bancário comum. Os cidadãos dos países membros são também cidadãos da União Europeia e, portanto, podem circular e estabelecer residência livremente pelos países da União Europeia.

 

A União Europeia também possui políticas trabalhistas, de defesa, de combate ao crime e de imigração em comum. A UE possui os seguintes órgãos : Comissão Europeia, Parlamento Europeu e Conselho de Ministros.

 

NAFTA

 

Fazem parte do NAFTA (Tratado Norte-Americano de Livre Comércio) os seguintes países: Estados Unidos, México e Canadá. Começou a funcionar no início de 1994 e oferece aos países membros vantagens no acesso aos mercados dos países. Estabeleceu o fim das barreiras alfandegárias, regras comerciais em comum, proteção comercial e padrões e leis financeiras. Não é uma zona livre de comércio, porém reduziu tarifas de aproximadamente 20 mil produtos.

Bandeira do NAFTA
Bandeira do NAFTA



 

MERCOSUL

 

O Mercosul (Mercado Comum do Sul) foi oficialmente estabelecido em março de 1991. É formado pelos seguintes países da América do Sul: Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina e Venezuela (atualmente suspensa). Futuramente, estuda-se a entrada de novos membros, como o Chile e a Bolívia. O objetivo principal do Mercosul é eliminar as barreiras comerciais entre os países, aumentando o comércio entre eles. Outro objetivo é estabelecer tarifa zero entre os países e num futuro próximo, uma moeda única.

 

PACTO ANDINO - COMUNIDADE ANDINA DE NAÇÕES

 

Outro bloco econômico da América do Sul é formado por: Bolívia, Colômbia, Equador e Peru. Foi criado no ano de 1969 para integrar economicamente os países membros. As relações comerciais entre os países membros chegam a valores importantes, embora os Estados Unidos sejam o principal parceiro econômico do bloco.

 

APEC

 

A APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) foi criada em 1993 na Conferência de Seattle (Estados Unidos da América). Integram este bloco econômico os seguintes países: Estados Unidos da América, Japão, China, Formosa (também conhecida como Taiwan), Coreia do Sul, Hong Kong (região administrativa especial da China), Cingapura, Malásia, Tailândia, Indonésia, Brunei, Filipinas, Austrália, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Canadá, México, Rússia, Peru, Vietnã e Chile. Somadas as produções industriais de todos os países, chega-se a metade de toda produção mundial. Quando estiver em pleno funcionamento (previsão para 2020), será o maior bloco econômico do mundo.

 

ASEAN 

 

A ASEAN (Associação de Nações do Sudeste Asiático) foi criada em 8 de agosto de 1967. É composta por dez países do sudeste asiático (Tailândia, Filipinas, Malásia, Cingapura, Indonésia, Brunei, Vietnã, Mianmar, Laos, Camboja).

 

SADC

 

A SADC (Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral) foi criada em 17 de outubro de 1992, sendo formada por 15 países da região sul do continente africano.

 

MCCA

 

Criado em 1960, o MCCA (Mercado Comum Centro-Americano) é o bloco econômico da região da América Central, cujo principal objetivo é a integração econômica entre os países-membros (Nicarágua, Guatemala, El Salvador, Honduras e Costa Rica).

 

Aliança do Pacífico

 

Criado em junho de 2012, este bloco econômico latino-americano é composto por México, Colômbia, Peru e Chile.

 

BENELUX 

 

Considerado o embrião da União Europeia, este bloco econômico envolve a Bélgica, Holanda e Luxemburgo. O BENELUX foi criado em 1958 e entrou em operação em 1 de novembro de 1960.

 

EFTA - Associação Europeia de Livre Comércio

 

Esse bloco econômico europeu surgiu em 1960. Atualmente (2019), é composto pelos seguintes países membros: Islândia, Noruega, Suíça e Liechtenstein. A União Europeia é a maior parceira comercial desse bloco. A sede da EFTA fica na cidade de Genebra.

 

UEAA - União Euroasiática

 

Bloco de integração política e econômica composto por Rússia, Belarus e Cazaquistão. Tem como fundamento principal a união aduaneira entre estes três países, estabelecendo a livre circulação de serviços, produtos e pessoas. O mais novo bloco econômico entrou em vigor a partir de 1 de janeiro de 2015.

 

ECOWAS - Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental

 

Criada em 1975, reúne quinze estados da África Ocidental. A integração econômica entre os países membro é o principal objetivo deste bloco.


ALADI - Associação Latino-Americana de Integração

 

A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI) é um organismo intergovernamental formado por treze países latino-americanos. Sua sede fica em Montevidéu (capital do Uruguai). Embora seus principais objetivos sejam econômicos, por isso é tratada por muitos como bloco econômico, esta associação também busca favorecer a integração social e tecnológica na região. 

A ALADI foi criada em 12 de agosto de 1980, através do Tratado de Montevidéu.

 

Fazem parte desaa associação as seguintes nações: Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Bolívia, Colômbia, Cuba, Equador, México, Venezuela, Peru e Panamá.



CARICOM - Comunidade do Caribe

 

A Comunidade do Caribe (Caricom) é um bloco econômico que reúne quinze países do Caribe, cujo principal objetivo é a integração econômica entre os países membros. Foi criada em 04 de julho de 1973, pelo Tratado de Chaguaramas. A sede deste bloco econômico fica na cidade de Georgetown (capital da Guiana).

No início, o nome deste bloco era Comunidade do caribe e Mercado Comum, tendo como países fundadores a Jamaica, Trinidad e Tobago, Guiana e Barbados.

 

Os países-membros do Caricom são: Antígua e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Dominica, Granada, Guiana, Haiti, Jamaica, Montserrat, Santa Lúcia, São Cristóvão e Nevis, São Vicente e Granadinas, Suriname e Trinidad e Tobago.

Foto do prédio sede da Caricom
Sede da Caricom em Georgetown, capital da Guiana.

 

 


 

 

TESTE SEUS CONHECIMENTOS SOBRE BLOCOS ECONÔMICOS NAS QUESTÕES ABAIXO:

- Respostas no final da página.

 

1. Qual das alternativas abaixo melhor define o que é um bloco econômico?

 

A – Grupo de países, que se organizam economicamente, culturalmente e politicamente para aumentar as relações culturais entre si.

B – Grupo de países de um mesmo continente, com língua e cultura semelhantes, que se unem para fazer comércio com outros blocos econômicos do próprio continente.

C – Grupo de países, que possuem objetivos econômicos em comum, voltado para o aumento das relações comerciais entre si.

D – Grupo de países de continentes diferentes, que estabelecem relações comerciais, exclusivamente na área militar e tecnológica.

 

 


 

 

2. Qual das alternativas abaixo apresenta o nome de 5 blocos econômicos, que estão em funcionamento na atualidade?

 

A – NAFTA, ONU, OIT, União Europeia e EFTA.

B – MERCOSUL, NAFTA, BENELUX, OTAN E ONU.

C – União Europeia, NAFTA, OTAN, BENELUX e APEC.

D – MERCOSUL, NAFTA, União Europeia, EFTA e APEC.

 

 


 

 

3. Qual das alternativas abaixo apresenta os principais países que fazem parte do MERCOSUL?

 

A - Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

B – Brasil, Argentina, Chile e Venezuela.

C - Uruguai, Brasil, Peru e México.

D - Argentina, Chile, Paraguai e Colômbia.

 

 


 

 

4. Qual das alternativas abaixo apresenta uma vantagem na formação e funcionamento de um bloco econômico?

 

A – Aumento do comércio entre os países membros do bloco econômico, pois ocorre a diminuição das tarifas alfandegárias entre os países do bloco.

B – Aumento da arrecadação de impostos dos países membros, pois um dos objetivos dos blocos econômicos é aumentar as tarifas alfandegárias.

C – Diminuição da imigração interna entre os países membros do bloco, pois as leis não permitem a livre circulação de pessoas, mas apenas de mercadorias.

D – Aumento da produção de gêneros agrícolas nos países membros, pois o setor agrícola é o mais beneficiado com a formação de blocos econômicos.

 

 


 

 

5. Qual das alternativas abaixo apresenta o nome de sete importantes países membros da União Europeia, na atualidade?

 

A – Espanha, Itália, Alemanha, Rússia, Suíça, Escócia e Portugal.

B – França, Itália, Espanha, Noruega, Turquia, Irlanda e Suíça.

C – Alemanha, França, Itália, Espanha, Portugal, Holanda e Bélgica.

D – Alemanha, França, Grécia, Espanha, Rússia, Espanha e Noruega.

 

 


 

 

6. Qual das alternativas abaixo apresenta o nome dos três países que fazem parte do bloco econômico denominado NAFTA?

 

A – Estados Unidos da América, México e Canadá.

B - Estados Unidos da América, Brasil e Canadá.

C - Japão, China e Coreia do Sul.

D - Estados Unidos da América, México e Rússia.

 

 


 

 

7. Quais ideologias, sistemas econômicos ou formas de organização comercial estão diretamente relacionadas com a formação e funcionamento dos blocos econômicos?

 

A – Socialismo, Liberalismo e Protecionismo.

B – Globalização, Capitalismo e Liberalismo.

C – Mercantilismo, Isolacionismo e Globalização.

D – Capitalismo, Globalização e Marxismo.

 

 


 

 

 

 

 

 

 

Respostas das questões:

1. C | 2. D | 3. A | 4. A | 5. C | 6. A | 7. B

 

 



atualizado em 06/09/2021




Você também pode gostar de:


Blocos Econômicos Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- SANDRONI, Paulo. Dicionário de Economia do século XXI. São Paulo: Editora Record, 2016. 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.