Novo Império Egípcio

O Novo Império foi o último período dinástico da história egípcia antiga.


Amósis I: faraó fundados do Novo Império Egípcio
Amósis I: faraó fundados do Novo Império Egípcio

 

O que foi e período histórico

 

Foi o terceiro e último período dinástico da história do Egito Antigo. Durou entre 1580 a.C. (início do reinado de Amósis I) e 1.069 a.C. (fim do reinado de Remessés XI). Abrangeu a 18ª, 19ª e 20ª dinastias do Egito.



Principais acontecimentos e características do Novo Império Egípcio:

 

Período de formação de um império militarista.

 

Foi nesse período histórico que os hebreus, liderados por Moisés, fugiram do Egito. Esse fato, que é relatado no Antigo Testamento da Bíblia, ocorreu por volta de 1.250 a.C.

 

Teve início com a expulsão dos hicsos, durante o reinado do faraó Amósis I.

 

Esse período foi marcado por várias guerras de conquistas. Os egípcios conquistaram a Síria. Dominaram os fenícios, cananeus, hititas e assírios, obrigando esses povos a pagarem impostos para o Egito.

 

Os principais faraós do Novo Império foram: Ramsés I, Amósis I, Tutmés III, Amenófis IV, Tutancâmon e Ramsés II.

 

A crise do Novo Império teve início após a morte do faraó Ramsés II, quando começou a ocorrer o empobrecimento interno e o início de invasões estrangeiras.

 

Nos últimos governos do Novo Império ocorreram invasões de líbios, assírios e persas. Esses últimos foram os que provocaram maiores consequências para o Egito Antigo.

 

Foi um período de prosperidade, expansão territorial e florescimento cultural sem precedentes na história do antigo Egito.

 

O reinado de Tutmés III (1479 a.C. - 1425 a.C.) é particularmente notável pelos seus sucessos militares, que estabeleceram o Egito como um império dominante no antigo Oriente Próximo

 

O período também testemunhou transformações religiosas e artísticas significativas, principalmente durante o reinado de Amenhotep IV (Akhenaton), que tentou mudar a religião egípcia para o culto de uma única divindade, Aton, e mudou a capital para Amarna.

 

No Novo Império, o Egito teve três capitais: Tebas, Pi-Ramsés e Mênfis.

 

Templo de Nefertari no Egito Antigo

Templo de Nefertari: uma das grandes construções realizadas na época do Novo Império Egípcio.

 

Cabeça de um homem esculpida numa pedra escura

Estatueta do faraó Ramsés I (um dos principais faraós do Novo Império Egípcio).

 

 



Artigo publicado em: 14/09/2019
Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Uma biografia dos reis do Antigo Egito

Autor: Rosa, Marcelo Barbio

Editora: Clube de Autores


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.