John Maynard Keynes

Keynes foi um importante economista inglês do século XX.


John Maynard Keynes: um dos economistas mais influentes do século XX
John Maynard Keynes: um dos economistas mais influentes do século XX

 

Quem foi

 

John Maynard Keynes foi um economista inglês da primeira metade do século XX. Foi o fundador da Escola Econômica Keynesiana e um respeitável especialista de Macroeconomia e Probabilidade. É considerado um dos economistas mais influentes do século XX.

 

Grande parte dos seus estudos esteve relacionado à questão do emprego. Essa questão estava relacionada ao fato do desemprego ter crescido muito após a Grande Crise de 1929 (Quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque e suas consequências).

 

Suas ideias e sugestões de Macroeconomia foram utilizadas em políticas econômicas de diversos países, principalmente nas décadas de 1940 a 1950.



Biografia resumida

 

- Keynes nasceu na cidade de Cambridge (Inglaterra) em 5 de junho de 1883.

 

- Estudou Matemática na Universidade de Cambridge.

 

- Trabalhou na Índia para o governo britânico.

 

- Logo após o término da Primeira Guerra Mundial, Keynes foi conselheiro na Conferência de Paz de Paris.

 

- Após o término da Segunda Guerra Mundial, foi conselheiro na Conferência de Bretton Woods.

 

- Usou seus conhecimentos matemáticos e econômicos para ganhar muito dinheiro com aplicações no mercado de ações. Ficou rico e ajudou muitos amigos, principalmente artistas.

 

- Faleceu de ataque cardíaco, em 21 de abril de 1946, aos 62 anos, na cidade de Tilton (Inglaterra).


Principais ideais e princípios econômicos defendidos (base do Keynesianismo):

 

- O Estado deveria gastar mais para a economia crescer e provocar a queda do desemprego.

 

- Necessidade da utilização de políticas monetárias e fiscais para diminuir os efeitos da recessão econômica e fazer a economia crescer.

 

- Para Keynes, a simples liberdade econômica com mínima intervenção estatal, base do pensamento liberal, não era suficiente para tirar a economia de uma país de uma recessão.

 

- Para o economista inglês, a Crise de 1929 (Quebra da Bolsa de Nova Iorque e suas consequências) foi gerada por uma gestão macroeconômica errada ao nível internacional, não um fracasso do sistema da economia de mercado.

 

Foto do economista Keynes sentado numa poltrona com um livro aberto nas mãos.

John Keynes: grande contribuição para a economia do século XX.



Principais obras de Keynes:

 

- As consequências econômicas da paz (1919)

 

- Um tratado sobre probabilidade (1921)

 

- Tratado sobre a moeda (1930)

 

- Teoria geral do emprego, do juro e da moeda (1936)



Frase de destaque:

 

"A dificuldade não está nas ideias novas, mas em fugir das velhas”.

 

 



Atualizado em 08/02/2022




Você também pode gostar de:


John Maynard Keynes Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Keynes - uma introdução

Autor: Prebisch, Raul

Editora: Brasiliense


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2022 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.