Lygia Clark

Quem foi, principais obras e resumo das características do estilo artístico


Lygia Clark: importante artista plástica do Concretismo e Arte Abstrata no Brasil
Lygia Clark: importante artista plástica do Concretismo e Arte Abstrata no Brasil

 

Quem foi

 

Lygia Clark foi uma importante desenhista, escultura, professora universitária e pintora brasileira do século XX. É considerada uma das principais artistas plásticas de Arte Conceitual e da Arte Concreta (Concretismo) no Brasil. É conhecida por suas inovadoras e criativas instalações e obras de arte interativas.

 

Lygia Clark (nome de batismo: Lygia Pimentel Lins) nasceu na cidade de Belo Horizonte em 23 de outubro de 1920. Faleceu em 25 de abril de 1988, aos 67 anos, na cidade do Rio de Janeiro.

 

Fez parte do movimento artístico de arte abstrata conhecido como Grupo Frente, liderado por Ivan Serpa. Foi também uma das fundadoras do Grupo Neoconcreto (grupo de Arte Concreta criado no Rio de Janeiro em 1959).

 

Principais movimentos artísticos (estéticos) que pertenceu:

 

- Arte Conceitual

 

- Concretismo

 

- Neoconcretismo

 

- Arte Cinética

 

Principal técnica de produção artística:

 

- No campo das artes plásticas, trabalhou com instalações e body art.

 

Principais características do estilo artístico:


- Trabalhou com composições em preto-e-branco.

 

- Trabalhou, em suas obras, com as relações espaciais do plano.

 

- Elaborou obras com papel, placas de metal e de madeira.

 

- Pesos, tamanhos e texturas são presenças em muitas de suas obras, principalmente a partir da década de 1960.

 

- Fez obras inovadoras e dinâmicas, estimulando a participação dos espectadores (obras interativas).

 

- Trabalhos ligados a percepção corporal.

 

Principais obras de Lygia Clarck

 

- Composição nº 5 (1954)

 

- Casulos (1959)

 

- Bichos (1960)

 

- Trepantes (1964)

 

- Obra-Mole (1964)

 

- Caminhando (1964)

 

- Estrutura de caixas de fósforos (1964)

 

- Luvas Sensoriais (1968)

 

- Roupa-Corpo-Roupa (1967)


- A Casa É o Corpo: Labirinto (1968) – instalação

 

- Diálogo: óculos (1968)

 

- Túnel (1973)


Foto da obra Bichos de Lygia Clark

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bichos (1965) de Lygia Clark.



 

 

Artigo publicado em: 16/12/2019.
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Lygia Clark Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

AYALA, Walmir (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1977.

 

LEITE, José Roberto Teixeira. Pintura moderna brasileira. Rio de Janeiro: Record, 1978. 162 p., il. p&b., color.

 

PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.


Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.