Independência da Índia

Saiba como foi de forma resumida o processo de independência da Índia


Explicação resumida sobre a Independência da Índia
Explicação resumida sobre a Independência da Índia

 

Pergunta:

 

Como foi a Independência da Índia e quais suas principais causas e consequências?

 

Resposta:

 

Durante o século XVIII, a Índia foi uma colônia da Inglaterra, que gerava muito lucro com sua colônia asiática. Além de uma variedade de produtos, este vasto país também é constituído por diversidades religiosas.


O movimento de independência da Índia começou em 1885, através dos intelectuais do país. POrém, nesse primeiro momento, o movimento não teve muita repercussão e força para enfrentar os ingleses.


Era necessário que a população se unisse em torno do mesmo ideal, mas as diferenças religiosas entre os muçulmanos e hindus impossibilitaram a emancipação da Índia por muito tempo


O principal líder dessa revolução foi Mahatma Gandhi que gerenciava o Partido do Congresso que também era conhecido como “Grande Alma”. Esse grupo era composto de pessoas com ideais hindus. Advogado e muito articulado, Gandhi acreditava que para vencer a Inglaterra não era necessário usar a violência.


Quando Gandhi e seus amigos conseguiram unificar os mulçumanos e os hindus para o mesmo propósito, eles começaram a boicotar seus colonizadores de maneira pacifica, fazendo greve de fome ou não comprando produtos que eram importados da Inglaterra.


Não foram todos os muçulmanos que aderiram ao movimento, alguns islâmicos radicais se uniram à Liga Muçulmana, comandada por Muhhamad Ali Jinnah.  Essa desunião entre os grupos favoreceu a Inglaterra, retardando mais ainda a independência da Índia.


Após a Segunda Guerra Mundial, a Inglaterra ficou debilitada, mesmo sendo vencedora, ao ponto de não ter mais condições econômicas e militares de manter suas colônias. No dia 15 de agosto de 1947 a Índia alcançou a sua desejada independência.

 

Consequências


Depois da emancipação surgiram outros problemas no território indiano: os conflitos religiosos. Dessa vez a violência foi inevitável e levou ao assassinato de Mahatma Gandhi. Essas confusões também ocasionaram a divisão territorial existente até os dias atuais entre o Paquistão e a Índia.


Atualmente, mesmo depois desses catastróficos conflitos de ideais religiosos, a independência da Índia é admirável até mesmo pela Inglaterra, no sentido de que um dia foi possível unir essas pessoas com ideais diferentes, sem utilizar a violência, em torno de um ideal para um bem comum.


Mahatma Gandhi, líder da Independência da Índia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mahatma Gandhi, líder da Independência da Índia: a paz como arma cotra o imperalismo e o colonialismo britânico.

 

 

 

________________________

Resposta elaborada por:

Misleine Neris de Souza Silva

Licenciada em História pela Faculdade JK de Brasília (2012) e Pós-Graduada em História Cultural pelo Centro Universitário Claretiano (2014).

- a pergunta foi enviada por Nilce L. Fragoso em março de 2020.






Independência da Índia Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Gandhi: o Pacifismo Como Arma da Independência da Índia

Autor: Revista História Viva Nº 36

Editora: Duetto

Ano: 2006

Temas do livro: História Geral, Índia


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.