Hieronymus Bosch: vida e obra

Hieronymus Bosch foi um pintor holandês do período do Renascimento. Saiba mais sobre ele nesta página.


Bosch: um dos mais importantes artistas holandeses de todos os tempos
Bosch: um dos mais importantes artistas holandeses de todos os tempos

 

Quem foi (biografia resumida) e principais características do estilo artístico


Jeroen van Aeken, conhecido pelo pseudônimo artístico de Hieronymus Bosch, foi um importante pintor holandês. Nasceu em 1450, na cidade de Hertongenbosh e morreu em 1516.



Pintou aproximadamente quarenta obras com temáticas bem diferentes daquelas retratadas nas pinturas do Renascimento Cultural. 



Bosch deu um grande destaque ao imaginário, retratando os medos, problemas psicológicos, criaturas imaginárias (humanos e animais) e cenas de horrores. As imagens simbólicas e surreais são frequentes em suas pinturas. Embora muito interpretadas, até hoje muitas destas imagens são um grande mistério para especialistas em arte.



As ações dos personagens e os detalhes das cenas retratadas são características marcantes encontradas nas pinturas do artista.

 


Mesmo sendo católico, Bosch privilegiou temas psicológicos ao invés de cenas religiosas, fugindo assim do que se esperava para um artista da época. Na obra O jardim das delícias (1500-1510), o pintor abordou o tema da criação do mundo, mostrando visões terrenas e também de um paraíso e de um inferno imaginários.

 

As imagens fortes trabalhadas por Bosch não visavam apenas uma exposição gratuita, tinham como objetivo esclarecer e orientar as pessoas sobre as tentações e caminhos errados apresentados pela vida mundana. Como muitos especialistas em arte dizem, a obra de Bosch é para ser lida e não apenas vista.



Nos séculos XVI e XVII, foi considerado herege e suas obras renegadas pela Igreja Católica e burguesia europeia. Isto aconteceu, pois Bosch rompeu com a tradição artística do momento.



Principais obras de Bosch:


- O Carro de Feno (1516)

- São João em Patmos (1485)

- Calvário (1490)

- Morte e miséria (1490)

- O ilusionista (entre 1496 e 1520)

- Cristo carregando a cruz (1500)

- Cristo coroado com espinhos (entre 1479 e 1519)

- O Jardim das Delícias (1500 - 1510)

- O Juízo Final (1510)

- As Tentações de Santo Antão (entre 1495 e 1515)

- Os Sete Pecados Mortais (1480)

- A Nau dos Insensatos (entre 1494 e 1510)

- A  Morte e o Avarento (entre 1494 e 1516)

- A estrada da vida (1502)

- Removendo a pedra da loucura (entre 1475 e 1480)

- Adorações dos reis magos (1494)

Jardim das Delícias, obra de Hieronymus Bosch
Parte central de Jardim das Delícias (entre 1480 e 1505), obra de Hieronymus Bosch.



 

 


 

 

Última atualização: 03/12/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Hieronymus Bosch: vida e obra Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Bosch - A obra de Pintura (Coleção Art 25 anos)
Autor: Bosing, Walter
Editora: Taschen do Brasil

Bosch
Autor: vários autores
Editora: Lisma (Portugal)


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.