Hino Olímpico

Conheça a letra em português do hino olímpico, compositor, letrista e quando ele foi escrito.


Hino Olímpico: executado pela 1ª vez nas Olimpíadas de Roma (1960)
Hino Olímpico: executado pela 1ª vez nas Olimpíadas de Roma (1960)

 

Criação do hino - história

 

O hino olímpico oficial foi criado no ano de 1896. A letra é do poeta grego Kostís Palamás e a composição do compositor musical grego Spyros Samaras. Ele foi aprovado pelo Comitê Olímpico Internacional em 1958, sendo executado pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Roma em 1960.

 

A execução do hino olímpico é obrigatória nas cerimônias de todas as edições das Olimpíadas.

 

Hino olímpico (letra em português)

 

Espírito imortal da antiguidade.

Criador augusto da verdade, beleza e bondade.

Desça aqui, apresente-se e irradie sua luz sobre nós,

Por este campo e debaixo deste céu

Que primeiro testemunharam sua fama imperecível!

 

Traga vida e entusiasmo para estes nobres Jogos.

Atire coroas de flores com frescor eterno aos vitoriosos da corrida e da luta.

E crie em nossos peitos corações de aço!

 

Em sua luz, planícies, montanhas e mares,

Brilham em matizes rosados e formam um vasto templo,

No qual as multidões de todas as nações vão adorá-lo.

Oh espírito imortal da Antiguidade!

 

Retrato do poeta grego Kostís Palamás

Kostís Palamás: o poeta grego que criou a letra do hino olímpico.



 

 



atualizado em 04/12/2020

 




Você também pode gostar de:


Hino Olímpico Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Olimpíadas

Autor: Duarte, Orlando

Editora: Abooks


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Logotipo do site Suapesquisa.com em preto e branco Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.