Biomas Costeiros

O que são, quais são, principais características, resumo, importância da preservação da zona costeira, livro indicado.


Costão rochoso: exemplo de bioma costeiro
Costão rochoso: exemplo de bioma costeiro

 

Introdução (o que são)


Os biomas costeiros estão presentes onde quer que exista interface entre terra e mar. A influência de um ambiente sobre o outro pode se estender por quilômetros. Os biomas se compõem de vários ecossistemas.


Vejamos no caso do Brasil: se você fizer um filme do litoral todo, você vai reconhecer comunidades biológicas se alternando no espaço. O que mais marca a diferença entre uma comunidade e outra são as plantas. Mas existem ali centenas de espécies animais associadas a essas plantas. Você não notará a presença delas porque estará filmando à distância.


Essas comunidades compostas por seres vivos, todos eles vivendo sob a influência de condições impostas pelo Oceano Atlântico, fazem parte de um dos biomas costeiros mais extensos do planeta. Esses ecossistemas são classificados em tipos de acordo com suas características. Por exemplo:


- Praias


- Costões rochosos


- Recifes de coral


- Manguezais (mangues)


- Restingas



Características principais


Não é possível listar características comuns dos biomas costeiros, pois cada um é composto de ecossistemas e esses já são muito diferentes entre si. Oferecemos, então, uma descrição básica de dois ecossistemas litorâneos:


Manguezal


É muito comum que ele ocorra na região em que um rio deságua no mar. A mistura de água doce com água salgada forma um tipo de ambiente que seleciona espécies vegetais a animais cuja fisiologia os capacita viverem ali. Sedimentos carregados pelo rio se depositam na orla e são decompostos por bactérias. É da reação de decomposição que vem o cheiro forte.


Restinga


O vento marítimo sopra em direção à terra, levando areia que fica depositada. Os areais são colonizados por plantas rasteiras, mas dependendo do terreno, podem crescer ali arbustos e árvores. Caranguejos, insetos, anfíbios e répteis também colonizam restingas.


Por que conservar os biomas costeiros?


Os ecossistemas que integram os biomas costeiros são berçários para muitas espécies animais. Também servem de pouso temporário para aves migratórias. Alguns ecossistemas absorvem o impacto das ondas, sendo barreiras protetoras em tempos de elevação do nível do mar.

Curiosidade


O gosto salgado da água dos oceanos vem das partículas de rochas marinhas desgastadas pelas marés.






Biomas Costeiros Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Os desafios ambientais da Zona Costeira

Autor: Gonçalves, Alcindo

Editora: Essential Idea

Ano: 2014

Temas do livro: Biologia, Meio Ambiente, Ecossistemas, Biomas


Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2019 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.