Guerra dos Emboabas

A Guerra dos Emboabas foi um conflito pela posse de jazidas de ouro na região de Minas Gerais. Ocorreu entre os anos de 1707 e 1709.


O bandeirante Borba Gato: líder dos paulistas na Guerra dos Emboabas
O bandeirante Borba Gato: líder dos paulistas na Guerra dos Emboabas

 

Contexto histórico

 

Por volta do final do século XVII, os paulistas que residiam na capitania de São Vicente encontraram ouro no sertão. Este fato fez com que muitos garimpeiros e portugueses fossem para aquela região.

 

Principais causas da guerra

 

Pelo fato de terem sido os primeiros a descobrir, os paulistas queriam ter mais direitos e benefícios sobre o ouro que haviam encontrado, uma vez que este, estava nas terras em que viviam.

 

Entretanto, os forasteiros pensavam e agiam diferentemente; estes, por sua vez, eram os chamados emboabas. Os emboabas formaram suas próprias comunidades, dentro da região que já era habitada pelos paulistas; neste mesmo local, eles permaneciam constantemente vigiando todos os passos dos paulistas. Os paulistas eram chefiados pelo bandeirante Manuel de Borba Gato; já o líder dos emboabas era o português Manuel Nunes Viana.

 

Dentro desta rivalidade ocorreram muitas situações que abalaram consideravelmente as relações entre os dois grupos. Os emboabas limitaram os paulistas na região do Rio das Mortes e seu o líder foi proclamado "governador". A situação dos paulistas piorou ainda mais quando estes foram atacados em Sabará.

 

Como foi o conflito

 

Após seu sucesso no ataque contra os paulistas, Nunes Viana foi tido como o "supremo ditador das Minas Gerais", contudo, este, por ordem do governador do Rio de Janeiro, teve que se retirar para o rio São Francisco.

 

Inconformados com o tratamento que haviam recebido do grupo liderado por Nunes Viana, os paulistas, desta vez sob liderança de Amador Bueno da Veiga, formaram um exército que tinha como objetivo vingar o massacre de Capão da Traição. Esta nova batalha durou uma semana. Após este confronto, foi criada a nova capitania de São Paulo, e, com sua criação, a paz finalmente prevaleceu.

 

Guerra dos Emboabas

Pintura sobre a Guerra dos Emboabas (pintor anônimo, século XVIII).

 


 



atualizado em 19/07/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).

 




Você também pode gostar de:


Guerra dos Emboabas Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Fontes de referência do texto:

 

- HOLANDA, Sérgio Buarque; Campos, Pedro Moacyr; Fausto, Boris. História geral da civilização brasileira. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1963.

 

- SKIDMORE, Thomas. Uma história do Brasil. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2003.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.