Consequências da Industrialização no Brasil

Os aspectos positivos e negativos da industrialização brasileira.


Êxodo rural: uma das consequências da industrialização no Brasil.
Êxodo rural: uma das consequências da industrialização no Brasil.

 

Consequências da Industrialização no Brasil

 

O processo de industrialização brasileira, que teve grande impulso a partir de 1930, apresentou vários aspectos positivos, mas também negativos.



Principais aspectos positivos:

 

O Brasil deixou de ser dependente das exportações de produtos agrícolas;

 

A economia brasileira foi, aos poucos, se livrando da dependência da importação de produtos industrializados estrangeiros;

 

Os salários nas indústrias, com o tempo, ficaram mais atrativos do que no campo;

 

A industrialização gerou renda, aumentou o consumo e impulsionou o crescimento da economia brasileira;

 

O preço de produtos industrializados passou a ficar mais barato para o consumidor brasileiro. Antes, os manufaturados importados chegavam aos brasileiros a preços exorbitantes, limitando o consumo às classes sociais mais elevadas;

 

O Brasil passou a produzir sua própria tecnologia industrial (de custo menor) para satisfazer suas necessidades internas;

 

Foram criados novos empregos e novas profissões no setor industrial, ampliando as oportunidades no mercado de trabalho, que ficou mais complexo;

 

Aumentou a emigração para o Brasil, principalmente de italianos, espanhóis e alemães. Esse aspecto pode ser considerado positivo no sentido de que esses imigrantes trouxeram muitas experiências profissionais para o nosso país. Também podemos destacar o fato de que eles contribuíram para a formação da cultura brasileira.

 

Foto da parte interna de uma indústria antiga do Brasil mostrando as máquinas e operários.

Industrialização do Brasil: produção em maior quantidade e diminuição da dependência das importações de manufaturados.



Principais aspectos negativos:

 

Aumentou o êxodo rural, criando uma alta concentração populacional nas grandes cidades. Esse fato gerou problemas sociais (falta de moradia, aumento da violência, etc.);

 

Aumentou o nível de poluição do ar gerado pelas indústrias. Estas também foram responsáveis, principalmente no século XX, pelo aumento da poluição de rios e contaminação dos solos;

 

O uso crescente de máquinas e equipamentos tecnológicos fez aumentar o desemprego nas indústrias (este fato ocorreu somente a partir da década de 1980).

 

 

Foto de indústrias poluindo o ar com fumaça escura

Com a industrialização, houve o aumento da poluição do ar.

 




Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Competitividade e a indústria brasileira

Autor: Vianna, Antônio Didier

Editora: Jaguatirica

 

Fonte de pesquisa e referência:

 

- SOUSA, Rainer. A industrialização do Brasil. São Paulo: Ed. Unesp, 2018.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.