Ditadura Salazarista em Portugal

Entre 1932 e 1968 Portugal teve um regime político ditatorial sob o governo de Antônio Salazar.


Salazar: ditadura de quase 40 anos em Portugal
Salazar: ditadura de quase 40 anos em Portugal

 

Introdução e contexto histórico

 

A crise econômica mundial, gerada pela quebra da bolsa de valores de Nova Iorque, em 1929, fortaleceu e possibilitou a subida ao poder de governos ditatoriais e fascistas em vários países. Com propostas populistas, defendiam a ideia de que somente um governo forte e centralizador poderia tirar a nação da grave crise (desemprego, inflação alta e carestia) que enfrentavam. Foi assim na Alemanha de Hitler, na Itália de Mussolini e na Espanha de Franco.

 

Portugal entrou num caminho muito parecido, quando António de Oliveira Salazar assumiu o poder, em 1932, como chefe de governo (Primeiro Ministro), implantando a ditadura salazarista. Seu governo durou até o ano de 1968.

 

As principais características do governo Salazar foram:

 

- Adoção de programas econômicos, que foram bem-sucedidos, visando à estabilização financeira do país, geração de empregos e crescimento da economia.

 

- Adoção de medidas econômicas nacionalistas.

 

- Governo de caráter fascista, através da consolidação do Estado Novo.

 

- Implantação de um forte sistema de censura, que atingiu várias áreas da sociedade (cultura, religião, comportamento, imprensa, política e etc.).

 

- Adoção de medidas antidemocráticas.

 

- Criação de instituições autoritárias, visando o cerceamento das liberdades democráticas.

 

- Perseguição política aos opositores.

 

- Controle dos meios de comunicação.

 

Fim do governo Salazar e da ditadura em Portugal

 

O governo de Salazar durou até o ano de 1968. Com problemas de saúde, passou o poder para outro ditador, Marcelo Caetano, que deu continuidade a ditadura salazarista até 1974. Neste ano, um movimento democrático e popular em Portugal, a Revolução dos Cravos, colocou fim a 42 anos de ditadura no país, colocando Portugal novamente na direção da democracia.


Portugueses nas ruas na comemoração da Revolução dos Cravos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Portugueses nas ruas, da cidade do Porto em 1983, na comemoração da Revolução dos Cravos.

 

 

 

 

 

atualizado em 10/07/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Ditadura Salazarista em Portugal Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Salazar e o poder - a arte de saber durar

Autor: Rosas, Fernando

Editora: Tinta da China

Temas do livro: História Geral


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.