Guerras Médicas

As Guerras Médicas ocorreram na Antiguidade entre persas e gregos.


Guerras Médicas: vitória grega e hegemonia de Atenas
Guerras Médicas: vitória grega e hegemonia de Atenas

 

O que foi

 

As Guerras Médicas, também conhecidas como Guerras Greco-persas, foram duas guerras ocorridas na Antiguidade, entre as cidades-estados gregas e os persas do Império Arquemênida (Primeiro Império Persa). Estas guerras ocorreram entre 499 a.C. e 449 a.C. As cidades gregas foram lideradas, num primeiro momento, por Atenas e Esparta (principais cidades gregas da época), que saíram vitoriosas destas guerras.

 

Os historiadores consideram que estas guerras marcaram, do ponto de vista social, político e cultural, a passagem do período arcaico para o clássico na História da Grécia Antiga.

 

As causas principais das Guerra Médicas foram:

 

- A principal causa foi a disputa entre gregos e persas pelo controle do comércio marítimo no Mar Egeu.

 

- Revolta das cidades gregas da Ásia contra o domínio do Império Persa na região.



Primeira Guerra Médica:

 

- Ocorreu entre 496 a.C. e 490 a.C.

 

- Os persas foram liderados por Dario I.

 

- Os atenienses venceram os persas nas batalhas marítimas.

 

- Batalha de Maratona (em agosto e setembro de 490 a.C.): ocorreu na planície de Maratona. Os gregos, comandados por Milcíades, expulsaram os persas do território grego por dez anos.

 

Segunda Guerra Médica

 

- Ocorreu entre 480 a.C. a 449 a.C.

 

- Os persas foram comandados por Xerxes I.

 

- Foi organizada a Liga de Delos, confederação militar composta por diversas cidades-estados gregas, sob a liderança de Atenas.

 

- Na famosa Batalha de Termópilas (480 a.C.), os persas venceram os espartanos.

 

- Sob a liderança ateniense, os gregos venceram os persas, após as batalhas de Salamina (480 a.C.) e Plateia (479 a.C.).

 

- Após uma última batalha no Chipre, os atenienses retornaram para casa como vitoriosos. Tem início o período de paz e as Guerras Médicas chegaram ao fim.



Principais consequências:

 

- Como os atenienses lideraram os gregos contra os persas, após a vitória grega, teve início da hegemonia de Atenas.

 

- Macedônia, Trácia e Iônia conquistaram a independência em relação a Pérsia.

 

- Ocorreu enfraquecimento político e militar dos persas na região do Mediterrâneo.

 

Estátua do rei e general espartano Leônidas

Leônidas: rei e principal general de Esparta durante as Guerras Médicas.

 

 



atualizado em 07/08/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Guerras Médicas Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

História Antiga - Grécia e Roma - a formação do Ocidente

Autor: Eyler, Flávia Maria S.

Editora: Vozes

 

Fontes de referência histórica:

 

- SANTOS, Maria Januária Vilela. História Antiga e Medieval. São Paulo: Ática, 1998.

 

- EYLER, Flávia Maria Schlee. História Antiga – Grécia e Roma: a formação do Ocidente. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Logotipo do site Suapesquisa.com em preto e branco Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.