O Rio Amazonas

O Amazonas é um dos maiores rios do mundo e possui grande importância para a região amazônica.


Foto do rio Amazonas
Foto do rio Amazonas

 

Localização geográfica

 

O rio Amazonas se origina no lago Lauri (também conhecido como Lauricocha), que se localiza nos Andes do Peru. Ele segue em direção geral do sul-norte até Pongo de Manseriche, região em que seu curso segue o caminho oeste-leste, indo até a foz, no Atlântico. 

 

Principais características e dados do rio Amazonas

 

- No território brasileiro, este grande e importante rio desce de 65 metros de altitude, em Benjamin Constant, dirigindo-se ao oceano depois de uma trajetória superior a 3.000 km.

 

- O curso médio deste imenso rio vai do Pongo de Manseriche (Peru) até a cidade de Óbidos (Brasil), por volta de 1.000 km da foz, local onde já se nota os efeitos iniciais das marés.  

 

- Os países que são banhados diretamente pelo rio Amazonas são: Peru, Colômbia e Brasil. Em suas bacias estão: Bolívia, Equador, Venezuela (apenas alguns trechos) e Guiana.

 

O Amazonas é o rio mais extenso do mundo. Sua extensão é de 6.850 quilômetros de extensão (fonte: site do IBGE). Ele é maior do que o Rio Nilo, que possui 6.650 quilômetros de extensão e do que o Mississipi-Missouri (6.212 km de extensão).

 

Estima-se que o Amazonas mande uma descarga equivalente a 11% de toda a massa de águas continentais para o oceano. Nas águas baixas, tem uma imensa largura que é camuflada por muitas ilhas, que dividem o rio em braços chamados paranás.

 

Vista aérea de um trecho do rio Amazonas

Vista aérea de um trecho do rio Amazonas.

 

 

Navegação

 

Suas águas são constantemente navegadas por navios de alto mar, numa distância de 3.700 km (desde a embocadura até a cidade de Iqijitos).

 

navegação no rio Amazonas

Rio Amazonas: muito útil para a navegação voltada para o transporte de pessoas.

 


Principais afluentes

 

Entre a enorme quantidade de afluentes que recebe, os mais importantes da margem direita são: Huallaga, Ucayali (Peru); Javari, Juruá, Purus, Madeira, Tapajós e Xingu (Brasil). Através de sua margem esquerda recebe: Pastaza, Napo (Peru); Içá, Japurá, Negro, Trombetas, Paru e Jari (Brasil).

 

Este importante rio possui muitos fenômenos naturais, como, por exemplo, a conhecida pororoca (que é o encontro violento das águas do rio com as do mar).

 

 

Curiosidades:

 

- No Peru, este rio recebe os seguintes nomes: Tunguragua (em sua parte superior) e Maraftón (até a foz do Ucayali). No Brasil, situado entre as bocas dos rios Javari e Negro, é conhecido pelo nome de Solimões.

 

- Um dos animais mais representativos do rio Amazonas é o boto-cor-de-rosa (espécie de golfinho de água doce). Existe até uma lenda, do folclore brasileiro, sobre este animal.

 

Foto de um boto-cor-de-rosa

Boto-cor-de-rosa (I. geoffrensis): um dos principais símbolos do rio Amazona.

 

 

TEXTO COMPLEMENTAR: A POROROCA NO RIO AMAZONAS

 

A palavra pororoca é de origem indígena (tupi) e significa estrondo (forte barulho da natureza). A pororoca é um fenômeno natural que ocorre quando há o encontro entre as águas de um grande rio com as águas do oceano. 

 

No Brasil, a pororoca mais importante ocorre na Amazônia, quando as águas do rio Amazonas encontram-se com as águas do Oceano Atlântico na foz deste rio. Ocorre um forte barulho e a força do fenômeno provoca a derrubada de árvores e alterações nas margens do rio. Durante o fenômeno, formam-se ondas que podem atingir até 3 metros de altura e velocidade de até 20 km/h.

 

Este fenômeno tem atraído a atenção de muitos turistas brasileiros e estrangeiros, que viajam para a região para ver de perto este lindo espetáculo da natureza.

 

Embora a pororoca amazônica seja a mais importante do mundo, ela também ocorre em outras regiões do planeta como, por exemplo, nos rios Sena (França), rio Iang-Tsé (China), rio Colorado (Estados Unidos), rio Severn e rio Tamisa (Inglaterra).

 

Curiosidades:

 

- Na região Norte do Brasil, a pororoca também é conhecida como macaréu ou mupororoca.

 

- A palavra pororoca é de oriigem indígena (tupi), sendo que poro'roka significa "estrondo" ou "grande ruído".

 

Surfistas surfando na pororoca do rio Amazonas

Surfistas surfando na pororoca do rio Amazonas.

 

 



atualizado em 08/09/2021




Você também pode gostar de:


O Rio Amazonas Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

O Rio - uma viagem pela alma do Amazonas
Autor: Nossa, Leonencio
Editora: Record

Um naturalista no rio Amazonas
Autor: Bates, Henry W.
Editora: Itatiaia

 

Fonte de referência:

 

- MOREIRA, João Carlo e SENE, Eustáquio de. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Editora Scipione, 2019. 

 

 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.