Schopenhauer

Quem foi, principais obras, principais ideias e características do pensamento do filósofo, resumo, dados de sua vida, bibliografia


Schopenhauer: um dos principais filósofos do Idealismo Alemão
Schopenhauer: um dos principais filósofos do Idealismo Alemão

 

Quem foi

 

Arthur Schopenhauer foi um filósofo alemão do século XIX. É considerado um dos principais representantes da corrente filosófica conhecida como Idealismo Alemão.

 

Schopenhauer nasceu na cidade de Danzig (Prússia, na atual Alemanha) em 22 de fevereiro de 1888. Faleceu em Frankfurt (Alemanha), aos 72 anos de idade, em 21 de setembro de 1860.

 

Principais influências filosóficas recebidas:

 

- Platão (filósofo grego do século V a.C.), Immanuel Kant (filósofo alemão do século XVIII) e Johann Fichte (filósofo alemão da segunda metade do século XVIII e começo do XIX).

 

- Há também, em suas ideias e pensamentos, grande influência do Iluminismo, do Romantismo e do pensamento filosófico-religioso indiano.

 

Principais áreas e temas interesse:

 

Filosofia, Lógica, Antropologia, Retórica, Gnosiologia, Ética, Psicologia, Metafísica, Estética, Educação, Política e Linguagem.

 

Principais ideias e características do seu pensamento:

 

- A vontade como principal essência do mundo. Para ele, nosso corpo é a manifestação e a ação realizada de nossa vontade de viver.

 

- Num primeiro momento, sua obra é marcada pelo idealismo.

 

- Presença marcante do pessimismo realista prático, principalmente na segunda fase de sua obra (após 1848).

 

- De acordo com Schopenhauer, a vida humana é como um pêndulo que oscila, sem parar, entre a dor e o tédio. O prazer está presente em poucos momentos da vida.

 

- O fenômeno é como uma representação subjetiva da realidade.

 

- Vida estética como meio de libertação do egoísmo, através da arte ou do nirvana.

 

- Defendeu os direitos dos animais.

 

- Ideia da moral compassiva.

 

- Para Schopenhauer, o amor é um sentimento que tem como finalidade a reprodução da espécie. O único amor a ser elogiado e valorizado é o amor desinteressado da piedade.

 

Obras principais de Schopenhauer:

 

- O Mundo como Vontade e Representação (1819)

 

- Sobre a Vontade na Natureza (1836)

 

- Metafísica do Amor (1818)

 

- A Arte de Ter Razão (1831)

 

- A Arte de Lidar com as Mulheres (1851)

 

- O Livre Arbítrio (1839)

 

- As dores do Mundo (1850)

 

- Aforismos Para A Sabedoria De Vida (1890)

 

 

Última revisão: 02/10/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Schopenhauer Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Introdução a Schopenhauer

Autor: Bossert, Adolphe

Editora: Contraponto

Ano: 2012

Temas do livro: Filosofia, História, Biografia


Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2019 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.