Efeito Estufa Artificial

Saiba o que é o efeito estufa artificial e suas principais causas e consequências.


Efeito Estufa Artificial: gerado pela ação do homem
Efeito Estufa Artificial: gerado pela ação do homem

 

O que é

 

O efeito estufa artificial é aquele provocado pela emissão em grande quantidade de gases poluentes no ar. Grande parte destes gases não é absorvida pela natureza (vegetação principalmente), formando uma camada de poluentes na atmosfera. Assim, grande parte do calor dos raios ultravioletas emitidos pelo Sol, após serem refletidos pela Terra, fica presa na atmosfera, pois é absorvido pelo monóxido de carbono. É chamado de artificial, pois é gerado pela ação do homem, ao contrário do natural, em que o planeta retém uma parte do calor enviado pelo Sol para garantir a manutenção da temperatura na Terra de forma benéfica aos seres vivos.

 

Origem e causas

 

Os principais gases responsáveis pelo efeito estufa artificial são aqueles gerados pelo uso de fontes de energia poluidoras, principalmente combustíveis fósseis (gasolina, diesel, querosene e carvão mineral). Portanto são origens do efeito estufa: atividades industriais, veículos automotores que utilizam combustíveis fósseis, usinas térmicas e também as queimadas de florestas.

 

emissão de gases poluentes por fábricas

Indústrias geradoras de gases do efeito estufa.

 



OS GASES DO EFEITO ESTUFA

 

Os gases do efeito estufa são aqueles que dificultam ou impedem a dispersão para o espaço da radiação solar que é refletida pela Terra. Grande parte destes gases é produzida pelos seres humanos em diversas atividades, principalmente pela queima de combustíveis fósseis, atividades industriais e queimadas de florestas. Ao segurar este calor em nosso planeta, estes gases estão também provocando o aquecimento global.

 

Exemplos dos principais gases do Efeito Estufa


- Dióxido de Carbono - CO2

 

- Gás Metano - CH4

 

- Óxido Nitroso - N2O

 

- Perfluorcarbonetos

 

- Hexafluoreto de Enxofre - SF6

 

- Hidrofluorcarbonetos - HFCs

 

Principais atividades geradoras de Gases do Efeito Estufa no Brasil:


- Uso de Florestas e Terras (61%)

 

- Agricultura (19%)

 

- Geração de energia (15%)

 

- Atividades da indústria (3%)

 

- Tratamento de resíduos (2%)

 

Ônibus soltando fumaça escura

Muitos meios de transportes emitem altos níveis de gases do efeito estufa.

 

 

Principais atividades geradoras de Gases do Efeito Estufa no Mundo


- Geração de Eletricidade e Calor (24,9%)

 

- Indústria (14,7%)

 

- Transporte (14,3%)

 

- Agricultura (13,8%)

 

- Mudanças no uso do solo (12,2%)

 

- Outros combustíveis (8,6%)

 

- Processos industriais (4,3%)

 

- Lixo (3,2%)

 

- Emissões de gases provenientes de equipamentos de pressão (4%)

 

Ilustração mostrando o efeito esfufa

Veja na ilustração os poluentes formando uma camada na atmosfera que bloqueia a dissipação do calor gerado pelos raios solares. Este é o efeito estufa.




Consequências do efeito estufa artificial:

 

- Retenção do calor na atmosfera fazendo com que aumente a temperatura no planeta;

 

- Com o aumento da temperatura no planeta (aquecimento global), já está em processo o derretimento das geleiras das calotas polares;

 

- O derretimento das calotas polares provoca o aumento da quantidade de água nos oceanos, podendo provocar, em breve, o alagamento de cidades litorâneas e a submersão de ilhas;

 

- O aquecimento global provocado pelo efeito estufa pode acelerar o processo de desertificação em algumas regiões do planeta;

 

- O efeito estufa pode alterar o funcionamento equilibrado de ecossistemas, provando o desaparecimento de espécies vegetais e animais;

 

- Mudanças climáticas provocadas pelo efeito estufa podem potencializar fenômenos ambientais como, por exemplo, furacões, tempestades, secas e quantidade de chuvas (com enchentes) em determinadas regiões;

 

- O efeito estufa potencializa os danos provocados pelos poluentes na saúde das pessoas, principalmente nos grandes centros urbanos;

 

- Ao gerar o aquecimento da temperatura, o efeito estufa pode aumentar as condições favoráveis para o princípio de incêndios em áreas verdes, principalmente em épocas secas e de baixa umidade;

 

- As mudanças climáticas geradas pelo efeito estufa podem alterar os cursos naturais das correntes marítimas, provocando a extinção de diversas espécies de peixes e outros animais marinhos;

 

- Ao modificar o clima de determinadas áreas, o efeito estufa pode prejudicar a agricultura em determinadas regiões, diminuindo a produção de alimentos no mundo todo.

 

Foto de Iceberg

Derretimento de gelo das calotas polares é uma das consequências do efeito estufa artificial.

 

 

Furacão, uma das consequências do efeito esfuta

Aumento de furacões, em várias regiões do mundo, também pode estar relacionado com o efeito estufa e o aquecimento global.

 

 

Desertificação

Desertificação: outro grave que pode ser gerado pelo efeito estufa artificial.

 

 

E o que é o efeito estufa natural?

 

O efeito estufa é um mecanismo natural do planeta Terra que possibilita a manutenção da temperatura numa média de 15ºC, ideal para o equilíbrio de grande parte das formas de vida em nosso planeta. Sem isso, a Terra poderia ficar muito fria, pois a radiação solar refletida pela Terra se perderia totalmente, inviabilizando o desenvolvimento de grande parte das espécies animais e vegetais.

 

 



atualizado em 23/02/2020




Você também pode gostar de:


Bibliografia Indicada

 

Fontes de referência do texto:

 

- NARVAES, Patricia. Dicionário Ilustrado de Meio Ambiente. São Caetano do Sul: Editora Yendis, 2012. 

 

- ANTAS, Luís Mendes. Dicionário de termos técnicos de Meio Ambiente. São Paulo: Editora Traço, 2004.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Logotipo do site Suapesquisa.com em preto e branco Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.