Nelson Mandela

Nelson Mandela foi um líder político sul-africano que lutou contra o apartheid.


Nelson Mandela: líder sul-africano que lutou contra o apartheid
Nelson Mandela: líder sul-africano que lutou contra o apartheid

 

Quem foi

 

Nelson Rolihlahla Mandela foi um importante líder político da África do Sul, que lutou contra o sistema de apartheid no país.  Formado em direito, foi presidente da África do Sul entre os anos de 1994 e 1999. 

 

O que foi o apartheid?

 

Resumidamente, a apartheid, que significa "vida separada", foi o regime de segregação racial existente na África do Sul, que obrigava os negros a viverem separados. Os brancos controlavam o poder, enquanto o restante da população não gozava de vários direitos políticos, econômicos e sociais. (Saiba mais sobre o Apartheid.).

 

Biografia resumida e a luta contra o apartheid na África do Sul

 

Mandela nasceu em 18 de julho de 1918 na cidade de Qunu (África do Sul).

 

Ainda estudante de Direito, Mandela começou sua luta contra o regime do apartheid. No ano de 1942, entrou efetivamente para a oposição, ingressando no Congresso Nacional Africano (movimento contra o apartheid). Em 1944, participou da fundação, junto com Oliver Tambo e Walter Sisulu, da Liga Jovem do CNA.

 

Durante toda a década de 1950, Nelson Mandela foi um dos principais membros do movimento antiapartheid. Participou da divulgação da “Carta da Liberdade”, em 1955, documento pelo qual defendiam um programa para o fim do regime segregacionista.

 

Mandela sempre defendeu a luta pacífica contra o apartheid. Porém, sua opinião mudou em 21 de marco de 1960. Neste dia, policiais sul-africanos atiraram contra manifestantes negros, matando 69 pessoas. Este dia, conhecido como “O Massacre de Sharpeville”, fez com que Mandela passasse a defender a luta armada contra o sistema.

 

Em 1961, Mandela tornou-se comandante do braço armado do CNA, conhecido como "Lança da Nação". Passou a buscar ajuda financeira internacional para financiar a luta. Porém, em 1962, foi preso e condenado a cinco anos de prisão, por incentivo a greves e viagem ao exterior sem autorização. Em 1964, Mandela foi julgado novamente e condenado a prisão perpétua por planejar ações armadas.

 

Mandela permaneceu preso de 1964 a 1990. Nestes 26 anos, tornou-se o símbolo da luta antiapartheid na África do Sul. Mesmo na prisão, conseguiu enviar cartas para organizar e incentivar a luta pelo fim da segregação racial no país. Neste período de prisão, recebeu apoio de vários segmentos sociais e governos do mundo todo. 

 

Com o aumento das pressões internacionais, o então presidente da África do Sul, Frederik de Klerk solicitou, em 11 de fevereiro de 1990, a libertação de Nelson Mandela e a retirada da ilegalidade do CNA (Congresso Nacional Africano). Em 1993, Nelson Mandela e o presidente Frederik de Klerk dividiram o Prêmio Nobel da Paz, pelos esforços em acabar com a segregação racial na África do Sul.

 

Em 1994, Mandela tornou-se o primeiro presidente negro da África do Sul. Governou o país até 1999, sendo responsável pelo fim do regime segregacionista no país e também pela reconciliação de grupos internos. 

 

Com o fim do mandato de presidente, Mandela afastou-se da política dedicando-se a causas de várias organizações sociais em prol dos direitos humanos. Recebeu diversas homenagens e congratulações internacionais pelo reconhecimento de sua vida de luta pelos direitos sociais em seu país.

 

Mandela faleceu em 5 de dezembro de 2013, aos 95 anos, na cidade Joanesburgo (África do Sul).



Foto de Nelson Mandela
Nelson Mandela (foto de 1994): primeiro ano como presidente da África do Sul.




Exemplos de frases de Nelson Mandela

 

- "Sonho com o dia em que todas as pessoas levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos.".

 

- "Uma boa cabeça e um bom coração formam uma formidável combinação".

 

- "Não há caminho fácil para a Liberdade".

 

- "A queda da opressão foi sancionada pela humanidade, e é a maior aspiração de cada homem livre".

 

- "A luta é a minha vida. Continuarei a lutar pela liberdade até o fim de meus dias".

 

- "A educação é a arma mais forte que você pode usar para mudar o mundo".



Dia Internacional de Nelson Mandela

 

- A partir de 2010, começou a ser celebrado, no dia 18 de julho de cada ano, o Dia Internacional de Nelson Mandela. A data foi definida pela Assembleia Geral da ONU e corresponde ao dia de seu nascimento de Mandela.



Livros (obras principais):

 

- Nelson Mandela - A Luta da Minha vida (1989) - autobiografia

 

- Conversas que tive comigo (2010)

 

- Vencer é Possível (1998) 

 

 

 



atualizado em 16/11/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Nelson Mandela Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Nelson Mandela - uma lição de vida

Autor: Lang, Jack

Editora: Mundo Editorial

Temas: Biografia e Política.

 

Mandela - Retrato Autorizado

Autor: Kathrada, Ahmed

Editora: Ales Trade Comércio

Temas: Biografia e Fotografia.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.