Antoni Gaudí

Quem foi, características de suas obras, principais projetos, resumo do estilo artístico e arquitetônico, curiosidades, bibliografia.


Antoni Gaudí: um dos maiores arquitetos da história
Antoni Gaudí: um dos maiores arquitetos da história

 

Quem foi - resumo

 

Antoni Gaudí i Cornet foi um importante arquiteto espanhol. É considerado um dos principais representantes do Modernismo no campo da arquitetura espanhola.

 

Estudou na Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona entre os anos de 1873 e 1878.

 

Gaudí nasceu em 25 de junho de 1852, no município de Reus (Espanha). Faleceu em 10 de junho de 1926, aos 73 anos, na cidade de Barcelona (Espanha).


Resumo das principais características de suas obras (estilo arquitetônico):

 

- Gaudí projetou igrejas, fontes, edifícios, palácios, casas, jardins, portais, fontes, etc.

 

- Em sua primeira fase, Gaudí seguiu o estilo mourisco (com influências árabes).

 

- Numa segunda fase, seu trabalho é marcado pelas influências do gótico. Sua criatividade e inovação aparecem, principalmente, no uso de arcos parabólicos. Essa fase é conhecida como neogótica.

 

- Podemos dizer que da metade de sua carreira em diante, Gaudí buscou seu estilo próprio (original). A tradição (principalmente com aspectos do Barroco) se misturou com inovações, consideradas ousadas, e elementos da natureza.

 

- A última fase de sua carreira é conhecida como naturalista. Foi nesse período final que o arquiteto catalão conseguiu chegar à perfeita harmonia e equilíbrio entre elementos ornamentais e estruturais, entre a estética e a plástica, entre a forma e a função.

 

- Por essa e outras características, esse arquiteto é considerado um dos mais importantes representantes do Modernismo na Arquitetura.

 

- Em algumas de suas obras, utilizou elementos decorativos da Art Nouveau.

 

Principais obras arquitetônicas (projetos) de Antoni Gaudí:

 

- Cooperativa Obrera Mataronense


- El Capricho


- Vicens House


- Templo Expiatório da Sagrada Família


- Pavilhões do Finca Güell


- Palácio Güell


- Colégio Teresiano de Barcelona


- Palácio Episcopal de Astorga


- Casa Botines


- Vinícolas de Güell


- Casa Calvet


- Torre Bellesguard


- Güell Park


- Miralles Portal


- Casa Batlló


- Jardins de Can Artigas


- Mila House


- Cripta da Colônia Güell

 

 

Curiosidades históricas:

 

- Sete obras de Gaudí foram declaradas Patrimônio Mundial da Unesco. São elas: o Parque Güell, o Palácio Güell, a Casa Milà, a cripta da Sagrada Família, a Casa Vicens, a Casa Batlló e a cripta de Colonia Güell.

 

- Em 1995, foi lançada uma campanha para a beatificação de Gaudí. Além de ser um cristão, o grande arquiteto era reconhecido pela sua generosidade, por sua dedicação ao Templo Expiatório da Sagrada Família (em Barcelona), por suas atitudes franciscanas. Porém, o processo ainda está em análise no Vaticano.


Templo Expiatório da Sagrada Família de Gaudí

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Templo Expiatório da Sagrada Família (1883 - 1926): a principal obra de Antoni Gaudí.

 

 

 

Artigo publicado em: 02/11/2019.
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Antoni Gaudí Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Conversas com Gaudí

Autor: Brunet, Cesar Martinell

Editora: Perspectiva

Ano: 2009

Temas do livro: Arquitetura, Biografia, História


Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2019 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.