Arte Bizantina

A arte bizantina recebeu grande influência do catolicismo ortodoxo que se desenvolveu no Império Bizantino. Temas bíblicos foram os mais retratados nas pinturas, esculturas e mosaicos.


Mosaico bizantino da época do imperador Justiniano
Mosaico bizantino da época do imperador Justiniano

 

Introdução histórica

 

A arte bizantina se refere às manifestações artísticas (pintura, arquitetura, mosaico e escultura) próprias do Império Bizantino (entre os séculos V e XV). A cidade de Constantinopla, capital do Império Romano do Oriente, foi o mais importante centro artístico deste período. 

 

Principais características da arte bizantina:

 

- Recebeu influências da cultura greco-romana e oriental (principalmente da Síria e Ásia Menor), realizando uma mistura destes diferentes aspectos culturais;

 

- Estilo artístico teve presença marcante do uso de cores;

 

- Presença marcante de temas religiosos (forte influência do cristianismo).

 

Pintura bizantina

 

Destaque para os afrescos (pinturas feitas em paredes, principalmente de igrejas), miniaturas (para ilustrar livros) e ícones (pinturas em painéis). O tema religioso predominou, principalmente a pintura de imagens de Cristo e da Virgem Maria.

 

Pintura de Cristo na Basílica de Hagia Sofia

Cristo Pantocrator: mosaico no interior da Basílica de Santa Sofia (Turquia).



Arquitetura

 

Na arquitetura podemos destacar a construção de grandes e imponentes igrejas, cuja característica principal era a presença de cúpulas sustentadas por colunas. As decorações e pinturas religiosas, no interior das igrejas, eram muito utilizadas. O principal exemplo deste tipo de arquitetura é a Basílica de Santa Sofia (localizada na atual Istambul).

 

Basílica de Santa Sofia, exemplo da arquitetura religiosa bizantina

Basílica de Santa Sofia, exemplo da arquitetura religiosa bizantina.

 

 

Escultura

 

A escultura bizantina caracteriza pela influência oriental, sendo uma referência da degeneração do Império Romano do Ocidente. Podemos citar como características principais: uniformidade, rigidez, falta de naturalidade e presença de linhas geométricas e folhagens estilizadas (formas diferentes das originais). Animais frente a frente e vegetais (plantas e flores) foram temas muito comuns nesse tipo de arte.

 

 

Mosaicos bizantinos

 

Foi um tipo de arte muito difundido no Império Bizantino, principalmente na Era de Ouro, época de reinado do imperador Justiniano (526 a 565). As imagens em mosaico eram formadas pelos artistas a partir de pequenos e coloridos pedaços de pedra colados em parede. Imagens religiosas e do imperador foram os temas principais.

Mosaico da arte bizantina mostrando três religiosos
Mosaico Bizantino do início do século VIII.

 

 

 



atualizado em 06/12/2021

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Arte Bizantina Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A Civilização Bizantina

Autor: Flusin, Bernard

Editora: Europa- América (Portugal)

 

Fontes de referência:

 

- CHILVERS, Ian. História Ilustrada da Arte. São Paulo: Publifolha, 2014.


- GOMBRICH, E. H. A História da Arte. São Paulo: Editora LTC, 2013.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2022 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.