Álvares de Azevedo

Biografia resumida, principais obras, movimento literário que pertenceu, características do estilo literário, principais temas de suas obras.


Álvares de Azedo: um dos mais importantes escritores da Segunda Geração do Romantismo brasileiro
Álvares de Azedo: um dos mais importantes escritores da Segunda Geração do Romantismo brasileiro

 

Quem foi

 

Manuel Antônio Álvares de Azevedo foi um escritor brasileiro de meados do século XIX. É considerado um dos mais importantes poetas da Segunda Geração do Romantismo da Literatura Brasileira. Atuou também como dramaturgo, contista e ensaísta.

 

Embora tenha vivido pouco, produziu de forma intensa. A maioria de suas obras foram publicadas após sua morte.

 

Biografia resumida

 

- Nasceu na cidade de São Paulo, em 12 de setembro de 1831. Neste mesmo ano foi com a família, ainda bebeê residir na cidade do Rio de Janeiro.

 

- Em 1835, vivenciou a morte de seu irmão, que ainda era um bebê. Esse fato marcou muito sua vida de forma triste e negativa.

 

- Entrou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em 1847. Porém, já nessa época, apresentava grande interesse pela escrita e pela Literatura. Na faculdade, começou a escrever seus primeiros textos.

 

- Não concluiu o curso de Direito e passou a se dedicar integralmente à arte da escrita.

 

- Em 1849, fundou a revista da Sociedade Ensaio Filosófico Paulistano.

 

- No final de 1851, começou a apresentar os primeiros sintomas da Tuberculose. Essa doença foi a provável causa da morte de Álvares de Azevedo.

 

- Faleceu em 25 de abril de 1852, aos 20 anos, na cidade do Rio de Janeiro.

 

Principais características do seu estilo literário:

 

- Seu estilo e sua obra foram influenciadas pelos textos de Lord Byron e Musset (poeta, dramaturgo e novelista francês da primeira metade do século XIX).

 

- Obras com presença de sátiras, sarcasmos, ironias e sentimentos.

 

- Os principais temas abordados em suas obras foram: morte, amor idealizado, mulheres enigmáticas, fantasias, sonhos, dor, sofrimento e recordações da irmã e da mãe.

 

Principais obras:

 

- Lira dos vinte anos (poemas) - 1853

 

- Macário (texto para o teatro) - 1855

 

- Noite na Taverna (contos de fantasias) - 1855

 

Trecho de uma de suas obras

 

Lira dos Vinte Anos

(fragmento)

             Álvares de Azevedo

 

Em frente do meu leito, em negro quadro,

A minha amante dorme. É uma estampa

De bela adormecida. A rósea face

Parece em visos de um amor lascivo

De fogos vagabundos acender-se...

E como a nívea mão recata o seio...

Oh! quantas vezes, ideal mimoso,

Não encheste minh’alma de ventura,

Quando louco, sedento e arquejante

Meus tristes lábios imprimi ardentes

No poento vidro que te guarda o sono!






Álvares de Azevedo Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Álvares de Azevedo - o poeta que não conheceu o amor foi noivo da morte

Autor: Silva, Luciana Fátima da

Editora: Annablume

Ano: 2009

Temas do livro: Literatura Brasileiro, Romantismo, Crítica Literária


Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2019 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.