Crise do Império Romano

Causas da crise do Império Romano do Ocidente, enfraquecimento, invasão dos povos bárbaros


A crise do Império Romano do Ocidente favoreceu a invasão dos povos bárbaros
A crise do Império Romano do Ocidente favoreceu a invasão dos povos bárbaros

 

Introdução


Após séculos de glórias e conquistas territoriais, o Império Romano começou a apresentar sinais de crise já no século III.

 

Causas da crise do Império Romano:



- Enorme extensão territorial do império que dificultava a administração e controle militar (defesa);

 

- Com o fim das guerras de conquistas também diminuíram a entrada de escravos. Com menos mão-de-obra ocorreu uma forte crise na produção de alimentos. A queda na produção de alimentos gerou a diminuição na arrecadação de impostos. Com menos recursos, o império passou a ter dificuldades em manter o enorme exército;

 

- Aumento dos conflitos entre as classes de patrícios e plebeus, gerando instabilidade política;

 

- Crescimento do cristianismo que contestava as bases políticas do império (guerra, escravidão, domínio sobre os povos conquistados) e religiosas (politeísmo e culto divino do imperador);

 

- Aumento da corrupção no centro do império (Roma) e nas províncias (regiões conquistadas);



Estes motivos enfraqueceram o Império Romano, facilitando a invasão dos povos bárbaros germânicos no século V.

 

Indicação de filme sobre o tema:

 

-  A Queda do Império Romano

   Ano: 1964

   Direção: Anthony Mann

   Gênero: Drama, Histórico

   Temas: conflitos políticos no Império Romano e sua queda




Impressão Google+


Crise do Império Romano Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Declínio e Queda do Império Romano
   Autor: Gibbon, Edward
   Editora: Companhia de Bolso
   Temas: História Antiga


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2015 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.