logo Sua Pesquisa

Keynesianismo
O que é, principais características, resumo, conceito, doutrina econômica, intervenção estatal na economia

John M. Keynes, criador do keynesianismo 
John M. Keynes: defesa da intervenção estatal na economia

O que é (conceito)

O keynesianismo é uma teoria econômica do começo do século XX, baseada nas ideias do economista inglês John Maynard Keines, que defendia a ação do estado na economia com o objetivo atingir o pleno emprego.

Principais características do Keynesianismo

- Defesa da intervenção estatal na economia, principalmente em áreas onde a iniciativa privada não tem capacidade ou não deseja atuar.

- Defesa de ações políticas voltadas para o protecionismo econômico.

- Contra o liberalismo econômico.

- Defesa de medidas econômicas estatais que visem à garantia do pleno emprego. Este seria alcançado com o equilíbrio entre demanda e capacidade de produção.

- O Estado tem um papel fundamental de estimular as economias em momentos de crise e recessão econômica.

- A intervenção do Estado deve ser feita através do cumprimento de uma política fiscal para que não haja crescimento e descontrole da inflação.

* Vale ressaltar que Keynes era contrário à estatização da economia, como havia ocorrido nos países socialistas após a Revolução Russa de 1917. Ele defendia o sistema capitalista, porém acreditava que deveria haver ações e medidas de controle por parte do Estado.

Principais momentos em que foi usado

O keynesianismo foi usado na História, principalmente durante as crises que ocorreram no século XX. Nos Estados Unidos, por exemplo, foi a doutrina econômica que deu suporte ao plano New Deal do presidente Roosevelt, voltado para tirar a economia norte-americana da profunda crise provocada pela Quebra da Bolsa de Valores de 1929 (Grande Depressão).

Os países europeus, cujas economias estavam estraçalhadas no final da Segunda Guerra Mundial, também recorreram aos fundamentos do keynesianismo para tirar suas economias da crise. Nesta situação era de fundamental importância à interferência do Estado, como fonte de promoção do desenvolvimento econômico e social.

O keynesianismo na atualidade

A doutrina econômica keynesiana enfraqueceu muito nas últimas décadas em função do avanço do neoliberalismo. O processo de globalização econômica mundial impôs, de certa forma, aos países a adoção de medidas voltadas para a abertura da economia e pouca interferência estatal. A maioria dos países do mundo segue o neoliberalismo, com suas especificidades, como forma de se manterem ativos neste mundo voltado para a globalização e para a economia de livre mercado.

 Você sabia?

- A obra de John Maynard Keynes em que o keynesianismo é explanado de forma completa é a Teoria geral do emprego, do juro e da moeda, publicado em 1936.

 

 

 

___________________________________________

Veja também:

» Liberalismo

» Neoliberalismo

___________________________________________

Bibliografia sugerida:

- Keynes e o keinesianismo (Coleção Saber)
  Autor: Delfaud, Pierre
  Editora: Europa América-PT
  Temas: Economia, Doutrina Econômica

___________________________________________

 


Acessar Economia

Página Inicial | Pesquisar Conteúdo | Trabalhos Escolares | Dicas de Estudo

Copyright © 2004 - 2013 Sua Pesquisa.Todos os direitos reservados. Este texto não pode ser reproduzido
sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.