Consequências da Revolução de 1932

O que a revolução de 1932 ocasionou na política brasileira


Explicação sobre as consequências da Revolução de 1932
Explicação sobre as consequências da Revolução de 1932

 

Pergunta:

 

Quais foram as principais consequências da Revolução Constitucionalista de 1932 na História do Brasil?

 

Resposta:

 

O que foi

 

A Revolução Constitucionalista de 1932 foi o movimento de caráter militar, contrário ao golpe de 1930, que levou Vargas ao poder. A revolução ocorreu em São Paulo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul e tinha como principal meta tirar do poder o governo provisório de Vargas e convocar uma Assembleia Nacional Constituinte.

 

O movimento não teve seu objetivo principal alcançado e as forças federais, defensoras do governo de Vargas, venceram os estados oposicionistas. Porém, esses estados, mesmo derrotados, conseguiram obter alguns resultados positivos com o movimento.

 

Vargas sabia que mesmo após ter derrotado as forças de São Paulo em 1932, precisaria do apoio político das elites paulistas para governar o país. Logo, buscou atender a algumas reivindicações desse importante grupo político e econômico. Ou seja, os paulistas saíram derrotados no movimento de 32, mas ganharam muitos benefícios políticos.

 

As principais consequências foram:

 

- Convocação, em maio de 1933, para a eleição da Assembleia Constituinte.

 

- Em 1934, houve a formação da Assembleia Nacional Constituinte, para a elaboração de uma nova constituição federal. A Nova Constituição foi promulgada em 16 de julho do mesmo ano.

 

- O governo federal prendeu e deportou alguns líderes do movimento de 1932. Alguns políticos perderam seus mandatos. Porém, a Constituição de 1934 trouxe a anistia para os envolvidos no movimento revolucionário.

 

- Em 1933, atendendo aos anseios de políticos paulistas, Vargas instituiu um novo Código Eleitoral. De acordo com ele, houve a introdução do voto feminino, do voto secreto e a criação da justiça eleitoral.

 

- Uma das consequências mais negativas foi o número de perdas humanas. De acordo com dados oficiais, aproximadamente 930 pessoas morreram nos combates.


Assembleia Constituinte de 1934

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assembleia Constituinte de 1934: uma das consequências da Revolução de 1934.

 

 

 

________________________

Resposta elaborada por:

Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).

- a pergunta foi enviada por Susi H. Romero em março de 2020.






Consequências da Revolução de 1932 Temas Relacionados
Bibliografia Indicada


1932: São Paulo em chamas: Como a revolução constitucionalista conquistou corações de estudantes, trabalhadores, donas de casa, empresários e quase derrubou Getúlio Vargas


Autor: LIma, Luis Otávio de

Editora: Planeta

Ano: 2018

Temas do livro: História do Brasil, Era Vargas


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.