Nietzsche

Friedrich Nietzsche foi um escritor e filósofo alemão do século XIX.


Nietzsche: um dos principais pensadores do século XIX
Nietzsche: um dos principais pensadores do século XIX

 

Nome Completo 


Friedrich Wilhelm Nietzsche

 

Quem foi


Nietzsche foi um filósofo, escrito, poeta, filólogo e músico alemão. É tido como um dos mais influentes e importantes pensadores modernos do século XIX. Sua obra teve grande influência nos pensadores e filósofos das gerações posteriores.

 

Nascimento


Nietzsche nasceu na cidade de Rockeb (Alemanha) em 15 de outubro de 1844.

 

Morte


Nietzsche morreu na cidade de Weimar (Alemanha) em 25 de agosto de 1900.



Principais ideias e pensamentos filosóficos:


Em suas obras, teceu críticas à cultura, à religião (principalmente ao cristianismo) e à filosofia ocidental.

 

- Defendeu a desconstrução dos conceitos que integrava a cultura ocidental do século XIX. Defendia a ideia de que para libertar, o pensamento deveria ser livre de qualquer forma de controle cultural e moral.

 

- Para Nietzsche, a vida é uma irracionalidade cega e cruel, marcada por destruição e dor.

 

- Para este filósofo, o ser humano deve se libertar das influências e amarras morais tradicionais da sociedade. O indivíduo que consegue isso torna-se um "super-homem".

 

- Para ele, a vontade de potência é a força que realiza a vida e move a história dos indivíduos.

 

- Nietzsche criticou negativamente o Niilismo. Vale ressaltar que para ele Niilismo era tudo aquilo que tirava o ser humano da vida prática e real. Até mesmo a religião era vista por Nietzsche como uma expressão niilista.



Principais obras:


O Nascimento da Tragédia no Espírito da Música (1872)


- A Filosofia na Idade Trágica dos Gregos (1873)


- Sobre a verdade e a mentira em sentido extramoral (1873)


Considerações Intempestivas (1873 a 1876)


- Humano, Demasiado Humano, um Livro para Espíritos Livres (1886)


- Aurora, Reflexões sobre Preconceitos Morais (1881)


- A Gaia Ciência (1882)


- Assim Falou Zaratustra, um Livro para Todos e para Ninguém (1883 - 1885)


- Além do Bem e do Mal, Prelúdio a uma Filosofia do Futuro (1886)


- Genealogia da Moral, uma Polêmica (1887)


- O Crepúsculo dos Ídolos, ou como Filosofar com o Martelo (1888)


- O Anticristo - Praga contra o Cristianismo (1888)


- Ecce Homo, de como a gente se torna o que a gente é (1888)


- Nietzsche contra Wagner (1888)


Exemplos de frases:


- "Em uma importante vitória, o que existe de melhor, é que ela tira do ganhador o medo de uma derrota".


- "O que não provoca minha morte faz com que eu me torne mais forte".

 

- "Este mundo é vontade de potência e nada mais! Vocês mesmos também são essa vontade de potência e nada, além disso".


- "Não poderia existir felicidade, jovialidade, esperança, orgulho, presente, sem o esquecimento".

 

- "Algo pensa em mim". (sobre o inconsciente)

 

- "Eu sou um filósofo discípulo de Dionísio, preferiria ser um sátiro em vez de um santo".


- "Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal".


- "O ser humano preferirá ainda querer o nada a nada querer...".

 

Foto de Nietzsche ao lado de sua mãe

Nietzsche ao lado de sua mãe.

 




Última atualização em: 30/11/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Nietzsche Temas Relacionados
Bibliografia Indicada


Fontes de referência do artigo:

 

- GALLO, Sílvio. Filosofia – Experiência do Pensamento. São Paulo: Editora Ática, 2017. 

- COTRIM, Gilberto e FERNANDES, Mirna,. Fundamentos de Filosofia. São Paulo: Editora Saraiva, 2017. 

 

 

 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.