Guerra dos Cem Anos

A Guerra dos Cem Anos foi um dos maiores conflitos militares da Idade Média.


Cena da Batalha de Crecy durante a Guerra dos Cem Anos
Cena da Batalha de Crecy durante a Guerra dos Cem Anos

 

Quando ocorreu e países envolvidos

 

A Guerra dos Cem Anos aconteceu na Idade Média, entre os anos de 1337 e 1453 (duração de 116 anos). Esta guerra envolveu os reinos da França e Inglaterra. Foi a principal e mais sangrenta guerra europeia do período medieval.

 

A principal causa da Guerra dos Cem Anos:

 

O conflito militar foi causado, principalmente, pela rivalidade entre Filipe de Valois, proclamado rei da França depois da morte de Carlos IV (último da dinastia dos capetos) e Eduardo III da Inglaterra. Este último pretendia ter direito à coroa francesa por parte de sua mãe. Disputas territoriais e comerciais também influenciaram o conflito.

 

Como foi a guerra



Os ingleses foram vitoriosos na Batalha de Crécy (1346) e em Poitiers (1356). No reinado de Carlos V, graças a Duguesxlin, a fortuna das armas favoreceu a França. Porém, no reinado de Carlos VI, a batalha de Azincourt (1415) deu uma nova vitória aos ingleses.



Quando o rei Carlos VII subiu ao trono, os ingleses ocupavam quase todo território francês. Surgiu, neste momento, a heroína Joana D’arc, que comandou o exército francês para várias vitórias, sendo a principal o cerco de Orleans. Porém, Joana D’arc foi capturada e queimada em 1431. Mas o impulso dado por ela fez mudar o caminho da guerra, dando vantagem para o exército francês.

 

A vitória francesa

 

Em 1450, os ingleses foram derrotados em Formigny e, três anos depois, em Castilion. São expulsos da França, exceto em Calais, que só ocorre em 1558.

 

Principais consequências:

 

- Consolidação da monarquia francesa com a formação de um Estado centralizado.

 

- A monarquia francesa garantiu o controle de quase todo território francês.

 

- Ocorreu grande desenvolvimento das armas e táticas de guerra.

 

- Cresceu muito o sentimento patriótico tanto na França quanto na Inglaterra.

 

Cena da Batalha de Azincourt

 

 

Batalha de Azincourt (1415): uma das principais batalhas da Guerra dos Cem Anos

 

 

 


Principais batalhas da Guerra dos Cem Anos:

 

- Batalha de Cocherel - 1364


- Batalha de Ecluse - 1340


- Batalha de Crécy - 1346


- Batalha de Calais - 1347


- Batalha de Poitiers - 1356


- Batalha de Azincourt - 1415


- Batalha de Orleães - 1429


- Batalha de Jargeau - 1429


- Batalha de Patay - 1429


- Batalha de Formigny - 1450


- Batalha de Castillon - 1453


Cena da Batalha de Patay

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Batalha de Patay (1429): vitória dos franceses.

 

 

 

 

 

 

 

 

Curiosidades históricas:

 

- Embora tenha durado 116 anos, ocorreram vários períodos de trégua durante a Guerra dos Cem Anos. Efetivamente, ocorreram 55 anos de combate, ou seja, de guerra ativa.


- Após várias vitórias, no início da guerra, os ingleses impuseram aos franceses, em 1360, a Paz de Brétigny. Nesse momento, os ingleses ocuparam cerca de 35% do território francês.

 

- Durante os 116 anos de guerra, a França teve 12 reis e a Inglaterra 8.

 

- Essa guerra passou por dois terríveis momentos (para ambos os lados). Entre 1315 e 1317, houve uma drástica queda na produção agrícola na Europa. Esse período ficou conhecido como a Grande Fome. Outro período complicado ocorreu entre 1347 e 1350, quando a Peste Negra matou cerca de 35% da população da Europa, entre eles milhares de soldados.


Retrato de Carlos VII, rei da França

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Carlos VII: rei que governava a França no final da guerra.

 

 

 

 

 

 

 

atualizado em 03/08/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Guerra dos Cem Anos Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A Guerra dos Cem Anos

Autor: Teixeira, Francisco M. P.

Editora: Ática

Temas: História Medieval, Guerras

 

A Guerra dos Cem Anos

Autor: Macedo, Sergio D. T.

Editora: Record

Temas: Guerra, História Geral

 

Fonte de referência histórica:

 

- ARRUDA. José Jobson de Andrade. História Antiga e Medieval. São Paulo: Editora Ática, 1988.



- SILVA, Marcelo Cândido da. História Medieval. São Paulo: Contexto, 2019.

 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.