José de Alencar

José de Alencar foi um escritor do romantismo brasileiro.


José de Alencar: importante escritor do romantismo brasileiro
José de Alencar: importante escritor do romantismo brasileiro

 

Biografia resumida e obras principais

 

O escritor brasileiro José de Alencar nasceu no Ceará, região nordeste do Brasil, no ano de 1829. Antes de iniciar sua vida literária, atuou como advogado, jornalista, deputado e ministro da justiça. Aos 26 anos publicou sua primeira obra: Cinco Minutos.

 

Podemos considerar Alencar como o precursor do Romantismo no Brasil dentro das quatro características: indianista, psicológico, regional e histórico. 

 

Este autor brasileiro utilizou como tema o índio e o sertão do Brasil e, ao contrário de outros romancistas de sua época que escreviam com se vivessem em Portugal, Alencar valorizava a língua falada no Brasil. 

 

Escritor de obras com estilos variados, este escritor cearense criou romances que abordam o cotidiano. Deste estilo literário, também conhecido como romance de costumes, destacam-se as obras: Diva, Lucíola e A Viuvinha. Foram também de sua autoria os romances regionalistas: O Sertanejo, O Tronco do Ipê, O Gaúcho e Til. Dos romances históricos fazem parte: As Minas de Prata e A Guerra dos Mascates

 

No romance indianista de José de Alencar, o índio é visto em três etapas diferentes: antes de ter contato com o branco, em Ubirajara; um branco convivendo no meio indígena, em Iracema e o índio no cotidiano do homem branco, em O Guarani

 

É dentro do estilo indianista do escritor José de Alencar que está sua obra mais importante: Iracema. Outra obra também considerada de grande valor literário é O Guarani, pois aborda os aspectos da formação nacional brasileira. 

 

Apesar de ser mais conhecido por suas obras literárias, o escritor brasileiro José de Alencar fez também algumas peças de teatro: Nas Asas de um Anjo, Mãe, O Demônio Familiar

 

Na área do Jornalismo, trabalhou nos jornais "Diário do Rio" e no "Correio Mercantil". Atou também no campo político, ocupando o cargo de Chefe da Secretaria do Ministério da Justiça.

 

Faleceu aos 48 anos, em 1877, deixando inúmeras obras que fazem sucesso até os dias atuais.



Principais características do seu estilo literário:

 

• Sua obras são marcadas pelo nacionalismo e ufanismo.

 

• Escreveu romances históricos, urbanos, indianistas e regionalistas.

 

• Obras marcadas por descrições de paisagens.

 

• Fez críticas ao modo de vida burguês (principalmente na obra Senhora)

 

• Idealização do índio e das relações amorosas.

 

• Busca pela formação da identidade e cultura brasileira através da literatura.

 

 

Foto de José de Alencar
José de Alencar: um dos mais importantes escritores brasileiros de todos os tempos.

 



Curiosidade literária e musical:

 

Carlos Gomes, compositor brasileiro do século XIX, adaptou a obra "O Guarani", transformando-a numa das mais lindas óperas brasileiras de todos os tempos. A ópera estreou em Milão, no ano de 1870.

 

Capa da primeira edição de O Guarani de Jose de Alencar.

Capa da primeira edição de O Guarani (1857) de José de Alencar.

 

 

 



Última atualização em 30/03/2022

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).




Você também pode gostar de:


José de Alencar Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A vida de José de Alencar

Autor: Vianna Filho, Luiz

Editora: Unesp

 

Fontes de referência do texto:

 

ALENCAR, José Martiniano de, Perfis Parlamentares 01, Câmara dos Deputados, 1977.

CEREJA, William; COCHAR, Teresa. Literatura Brasileira. São Paulo: Atual Editora, 2013.

 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2022 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.