Vikings: os povos normandos

Os vikings foram povos que habitaram a Escandinávia e fizeram vários saques em cidades europeias na Idade Média.


Drakar: barco usado pelos vikings
Drakar: barco usado pelos vikings

 

Introdução: quem eram


Os vikings eram povos que habitavam a região da Península da Escandinávia (extremo norte da Europa) nas épocas Antiga e Medieval. Foram também chamados de normandos pelos franceses e italianos na Idade Média. A palavra viking origina-se do normando “vik” cujo significado mais provável é “homens do Norte”. 

 

Um povo antigo guerreiro


Durante a época antiga e medieval eles estabeleceram vários contatos comerciais com a Europa. Porém, entre os séculos VIII e XI, começaram a fazer várias incursões no continente europeu com o objetivo de saquear riquezas e conquistar terras. As pesquisas arqueológicas e os relatos históricos indicam que, através dos rios, penetraram em território europeu com seus barcos (drakars), levando o medo e a morte em regiões da França, Alemanha, Inglaterra, Irlanda e Rússia. A instabilidade, causada pelas invasões, fizeram com que os europeus construíssem castelos e reforçassem a segurança nos portos, mas de nada adiantou em função do grande poderio bélico dos “povos do norte”.

Além de ter favorecido a construção de castelos, as incursões estimularam a descentralização política durante o feudalismo.

 



Principais características:

 

1 - Economia

A economia dos vikings baseava-se na pesca (principalmente do bacalhau) e do comércio marítimo que praticavam na região norte da Europa. Eram povos guerreiros, fato que impunha muito respeito na região. Fabricavam armas escudos de metal e embarcações de guerra (drakar).


Pintura de embarcações com guerreiros vikings

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pintura medieval representando guerreiros vikings em suas embarcações.

 

 

 

 

2 - Religião e mitologia

 

Não eram cristãos (somente por volta do ano 1000, com o contato com os europeus, começaram a aderir ao cristianismo), pois acreditavam em vários deuses (religião politeísta) ligados às forças da natureza. Odin (deus da sabedoria e da guerra) era a maior divindade entre este povo. Também acreditavam em outros deuses como, por exemplo, Thor (deus do trovão e filho de Odin) e Freyr (deus da paz e fertilidade).

 

Acreditavam também nas Valquírias, mulheres valentes que cavalgavam com Odin durante as batalhas. Eram elas que conduziam os bravos guerreiros, mortos em batalhas, para a valhalla (o céu dos vikings).

 

3 - Arte Viking

 

Embora fossem extremamente dedicados à guerra, os vikings produziram arte. Faziam pinturas, principalmente nos cascos das embarcações e nos escudos. Costumam desenhar elementos da natureza, animais ou temas ligados ao deuses e mitologia. Faziam também joias e pequenas esculturas, principalmente usando o ouro e o bronze.

 

Armas vikings, capacete, escudo e machado

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Armas vikings: capacete, escudo e machado (reprodução)

 

 


 

 

atualizado em 27/07/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).






Vikings: os povos normandos Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Os Vikings
Autor: Brondsted, Johannes
Editora: Hemus
Temas: História Antiga, Cultura, Economia, Guerras



Vikings - Intrépidos navegantes do Norte (Coleção Civilizações Perdidas)
Autor: Time Life
Editora: Abril
Temas: História Antiga, Povos Normandos

 

 

Fontes de referência do texto:

 

- SILVA, Marcelo Cândido da. História Medieval. São Paulo: Contexto, 2019.

 

- ARRUDA. José Jobson de Andrade. História Antiga e Medieval. São Paulo: Editora Ática, 1988.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2020 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.