Cartografia e Geodésia

Cartografia é uma ciência que elabora e interpreta mapas.


Mapa Mundi Antigo
Mapa Mundi Antigo

 

O que é - definição geográfica

 

A cartografia é uma ciência voltada para a elaboração de mapas, unindo conhecimentos científicos, técnicos e artísticos.

 

Cartografia no dia a dia

 

Nós não percebemos, mas utilizamos as informações e conhecimentos produzidos pela cartografia no cotidiano. Ao consultarmos um guia de mapas de ruas, nas aulas de geografia da escola, no aparelho de GPS (Global Positioning System) do automóvel e em outras situações, estamos em contato com esta ciência que atua, principalmente, na elaboração e interpretação de mapas.

 

História - da origem e primeiros estudos

 

Podemos dizer que a cartografia surgiu na antiguidade, pois encontramos representações de mapas na Grécia Antiga, Império Romano, Mesopotâmia, entre outros povos da antiguidade. Evidentemente que os cartógrafos da época antiga não tinham muitos recursos para produzirem mapas com precisão. Os mapas antigos eram repletos de imperfeições, principalmente, no que se refere à proporcionalidade. Mesmo assim, serviam de referência para viajantes e comerciantes da época, que necessitavam muito destas informações para planejarem suas viagens.

Na época das Grandes Navegações e Descobrimentos Marítimos (séculos XV e XVI), os cartógrafos foram extremamente importantes. Cada expedição levava um especialista em mapas, pois era importante que as embarcações não se perdessem nos vastos oceanos. Foi no século XVI que os primeiros mapas do continente americano e também do Brasil foram elaborados.

 

Cartografia na atualidade 

 

Atualmente, os cartógrafos contam com informações gráficas enviadas por satélites. Estes dados chegam com total precisão, cabendo ao cartógrafo interpretá-los e organizá-los de forma científica. Computadores avançados são utilizados nestas operações, oferecendo resultados de grande importância.

 

Os mapas cartográficos auxiliam na agricultura, previsão do tempo, construção de rodovias, aviação, planejamento ambiental e em vários sistemas de orientação que usamos no dia a dia. Esta ciência também é muito importante para o estudo de diversas áreas da Geografia.

 

Atualmente, encontramos dois tipos de cartografia:


- Analógica (também conhecida como Convencional): os mapas são elaborados em papel e manualmente.


- Numérica (também conhecida como Computadorizada): os mapas são desenvolvidos com o uso da softwares específicos.

 

O uso do sensoriamento remoto

 

O sensoriamento remoto é um conjunto de técnicas destinadas à obtenção de imagens e dados de determinados alvos (objetos, fenômenos, áreas) da superfície terrestre, através da captação e registro da energia refletida. Ele pode ser feito em nível orbital (por satélites), aéreo (por aviões) ou terrestre (por técnicos).

 

O sensoriamento remoto também é utilizado na elaboração de mapas cartográficos, em casos específicos, como uma técnica auxiliar para os cartógrafos.

 

Curiosidades:

 

- Comemora-se em 6 de maio o Dia do Cartógrafo.

 

- O matemático, cartógrafo e geógrafo belga Gerardo Mercator (1512-1594) é considerado o pai da Cartografia Moderna, em função de suas grandes contribuições para a ciência da elaboração de mapas. Seu grande feito na Cartografia foi a introdução da projeção cilíndrica.

 

Gerardo Mercator, o pai da Cartografia Moderna
Gerardo Mercator: o pai da Cartografia Moderna.

 


TEXTO COMPLEMENTAR:

GEODÉSIA, UMA CIÊNCIA QUE AUXILIA A CARTOGRAFIA

 

Geodésia é uma ciência que estuda as medições das características físicas e representações do planeta Terra. A Geodésia utiliza, principalmente, conhecimentos geográficos e matemáticos para atingir seus objetivos e gerar seus dados e informações.

 

A palavra tem origem grega, sendo que geodaisia significa “a divisão da Terra”.



Importância da Geodésia:

 

- A Geodésia é muito importante em diversas áreas como, por exemplo, Cartografia, Geologia, Ciências da Terra, Topografia, Geografia Física, entre outras.

 

- Posicionamento através dos referenciais geodésicos.

 

- Criação de mapas.

 

- Muitas informações e conhecimentos da Geodésia são utilizados na Engenharia Civil.

 

 

O que a Geodésia estuda?

 

- As características físicas da superfície do Planeta Terra como, por exemplo, medições de montanhas, lagos, oceanos, vales e planaltos.

 

- O formato do planeta Terra.

 

- O campo gravitacional do planeta Terra.

 

- Estudo de fenômenos geodinâmicos: movimentos do nosso planeta, movimentos polares, mudanças nas marés dos oceanos e a influência da Lua e do Sol na Terra.

 

- Definição dos Referenciais Geodésicos (latitudes e longitudes).

 

Você sabia?

 

- Na Antiguidade, principalmente na Grécia Antiga, vários matemáticos fizeram importantes estudos geodésicos. Entre estes matemáticos, podemos citar Pitágoras, Erastóstenes, Hiparco e Posidonius.

Foto de um marco Geodésico na cidade de Berlim

Marco geodésico do século XIX localizado na cidade de Berlim.

 

 


 

atualizado em 20/08/2021




Você também pode gostar de:


Cartografia e Geodésia Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Cartografia Básica
Autor: Fitz, Paulo Roberto
Editora: Oficina de Textos

A Cartografia
Autor: Joly, Fernand
Editora: Papirus

 

Fontes de pesquisa utilizadas na elaboração do texto:

 

- TERRA, Lygia e COELHO, Marcos de Amorim. Geografia Geral – O espaço natural e socioeconômico. São Paulo: Editora Moderna, 2016.

- VESENTINI, José William. Sociedade e Espaço. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Ática, 2006. 


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.