Caravaggio: vida e obra

Caravaggio foi um pintor barroco italiano do final do século 16 e início do 17.


Caravaggio: um dos mais importantes artistas do barroco italiano
Caravaggio: um dos mais importantes artistas do barroco italiano

 

Introdução (quem foi)



Michelangelo Merisi da Caravaggio foi um importante pintor italiano do final do século XVI e início do XVII. Este artista barroco nasceu na cidade de Milão em 29 de setembro de 1571. 

 

Biografia resumida de Caravaggio



- Aos 5 anos de idade foi morar com sua família na comuna italiana de Caravaggio.

 

- Em 1577 seu pai, em decorador e arquiteto, faleceu.

 

- Em 1584 foi trabalhar como aprendiz do pintor Simone Peterzano.

 

- Em 1592 retornou para Roma, sem condições financeiras. Foi trabalhar no ateliê de Giuseppe Cesari.

 

- Em 1594, abandonou a ateliê de Cesari e começou a investir em sua própria carreira, buscando influências nos altos escalões artísticos e culturais de Roma.

 

- Em 1594, faz sua primeira grande obra: Os jogadores de Cartas.


Em 1599, foi contratado pelo cardeal Del Monte para decorar a Capela Contarelli.

 

- Em 1602, pintou uma de suas poucas obras de tema não religioso, O Triunfo do Amor.

 

- No começo do século XVII, Caravaggio já era um pintor famoso em Roma e realizou a decoração de diversas capelas, igrejas e catedrais em Roma, Nápoles e Malta.

 

- Em 1606, envolveu-se numa briga e matou um jovem, provavelmente por acidente. Teve que fugir de Roma e foi morar em Malta. Porém, envolveu-se em outras brigas e confusões. Expulso de Malta foi morar na Sicilia (sul da Itália). 

 

- Em 1607, retornou para a cidade de Nápoles, após conseguir o perdão do novo papa, Paulo V.

 

- Caravaggio morreu de febre, em 1610, em Porto Ercole (região da Toscana). 

 

Principais características do seu estilo artístico:


- Retratava personagens bíblicos, principalmente Jesus e Maria, baseando-se em pessoas comuns que encontrava nas ruas de Roma.

 

- Usava um forte realismo na pintura de suas obras.

 

- Colocava o foco da imagem nos rostos dos personagens.

 

- Ausência de correções e iluminação especial.

 

- Usava efeitos de sombras e luzes.

 

- Pintava o fundo de suas obras de cores escuras, principalmente de cor preta. Este recurso dava um aspecto obscuro em suas pinturas.

 

Captura de Cristo, obra de Caravaggio

Captura de Cristo (1602), pintura de Caravaggio



Principais obras de Caravaggio:


- Os jogadores de cartas (1594)

- Canastra de Fruta
(1595)

- Repouso na Fuga para o Egito
(1596)

- A Ceia em Emmaus
(1596)

- Invocação de São Mateus
(1600)

- A captura de Cristo
(1602)

- São Mateus e o Anjo
(1602)

- Martírio de São Mateus
(1600)

- Crucificação de São Pedro
(1601)

- O Sacrifício de Isaac
(1603)

- Conversão de São Paulo
(1601)

- Deposição
(1604)

- Nossa Senhora do Rosário
(1607)

- Sete Obras de Misericórdia
(1607)

- João Batista
(1604)

- Ecce Homo (1605)

- Degolação de Baptista
(1608)

- Ressurreição de Lázaro
(1609) 

 

Ecce Homo, pintura de Caravaggio

Ecce Homo (1605), pintura de Caravaggio.

 

 


 

 



atualizado em 31/08/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).

 




Você também pode gostar de:


Caravaggio: vida e obra Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Caravaggio (Coleção Art 25 anos)

Autor: Lambert, Gilles

Editora: Taschen do Brasil

Temática: História da Arte e Biografia.

 

Caravaggio - As obras completas

Autor: Schutze, Sebastian

Editora: Taschen do Brasil

Temática: Artes Plásticas e História da Arte.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2021 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.